acesso a redes sociais
  • tumblr.
  • twitter
  • Youtube
  • Linkedin
  • flickr
conecte-se a TN
  • ver todas
  • versão online
  • Rss
central de anunciante
  • anunciar no site
  • anunciar na revista
PD&I

Empresas investem R$ 59,6 milhões em pesquisa com a Unicamp em 2016, entre elas Petrobras e CPFL Energia

11/04/2017 | 15h41
Empresas investem R$ 59,6 milhões em pesquisa com a Unicamp em 2016, entre elas Petrobras e CPFL Energia
Divulgação Divulgação

A alta qualidade da produção científica da Universidade Estadual de Campinas desperta o interesse de empresas atentas à necessidade de inovar para se manterem à frente em seus mercados e também para explorarem novos nichos. Com isso, observou-se no ano passado um crescimento nos investimentos em pesquisa em colaboração com a Unicamp. Só em 2016, empresas fecharam parcerias de pesquisa com a universidade da ordem de R$ 59,6 milhões, segundo o relatório de atividades da Agência de Inovação Inova Unicamp. O valor mais do que dobra em relação ao ano anterior, que foi de R$ 26 milhões.

As parcerias com o setor empresarial não param por aí. Além de pesquisa, há empresas que procuram a Unicamp para licenciar tecnologias. Ou seja, explorar comercialmente uma patente da qual a universidade é detentora dos direitos. Esse é outro indicador que mostrou crescimento de um ano para o outro. Foram 23 licenças de propriedade intelectual assinadas em 2016, frente a 15 em 2015. Hoje, 133 patentes da Unicamp – 12,7% do portfólio de 1.042 tecnologias – já estão no mercado.

“A Unicamp é um centro de excelência de ensino, pesquisa e extensão. As empresas sabem disso, por isso ficam perto de nós. Sabem que aqui formamos mais do que alunos qualificados para atuar no mercado, produzimos pesquisas relevantes, de impacto. O resultado disso são parcerias duradouras, com empresas dos mais diversos segmentos”, avalia o diretor-executivo da Agência de Inovação Inova Unicamp, Prof. Milton Mori.

Um dos exemplos de parcerias de longa data é com a empresa MC1. “Nessa busca das empresas por inovar, as pessoas que atuam e estudam na Unicamp trazem muita coisa nova para a empresa. Existe também uma questão comercial: associar o nome da Unicamp aos nossos produtos nos traz ainda mais credibilidade”, releva o Head de Marketing da MC1, Luciano Sandoval.

Entre as empresas que firmaram parceria com a Unicamp em 2016 estão: Samsung, IBM, CPFL Energia, Petrobras, Brasil Kirin, Ericsson, Motorola, Ambev, thyssenkrupp, e Repsol Sinopec.

Além dos convênios de pesquisa e os contratos de transferência de tecnologia, a Unicamp dispõe ainda do Parque Científico e Tecnológico, onde as empresas podem abrigar seus centros de pesquisa mediante convênio com a universidade. Hoje, estão hospedadas no Parque as empresas: Samsung, IBM, Motorola, MC1, Lenovo e Eldorado.

Para abrir um campo ainda mais próspero para a inovação, o Parque Científico e Tecnológico da Unicamp revisou no ano passado a deliberação que estabelecia quais empresas e instituições estavam permitidas a entrar em suas dependências. Desde então, ficou autorizada a entrada também de startups, terceiro setor e organizações governamentais que tenham interesse em se aproximar da universidade.

“Queremos consolidar nosso ecossistema como um ambiente fértil para inovação e o empreendedorismo”, finaliza o diretor-executivo da Agência de Inovação, Milton Mori.

Sobre a Inova Unicamp

A Agência de Inovação Inova Unicamp é o Núcleo de Inovação Tecnológica da Universidade Estadual de Campinas. Responsável por intermediar transferência de tecnologia e parcerias da universidade com empresas, instituições públicas e privadas, a Inova Unicamp está estruturada em quatro áreas principais. São elas: Propriedade Intelectual, Parcerias, Empreendedorismo e Parque Científico e Tecnológico da Unicamp.



Fonte: Redação/Assessoria
Seu Nome:

Seu Email:

Nome do amigo:

Email do amigo:

Comentário:


Enviar