acesso a redes sociais
  • tumblr.
  • twitter
  • Youtube
  • Linkedin
  • flickr
conecte-se a TN
  • ver todas
  • versão online
  • Rss
central de anunciante
  • anunciar no site
  • anunciar na revista
Intercâmbio

Empresários e autoridades chinesas visitam plataforma na Bacia de Campos

21/09/2007 | 00h00
Segundo o profissional de comunicação chinês que acompanhou o grupo, Yao Pinli, a CNOCC já possui uma parceria com a Petrobras e com a francesa Total em um bloco offshore na Nigéria. “Esta visita mostra o interesse da CNOOC em fortalecer os laços com a Petrobras, pensando em possíveis acordos comerciais e tecnológicos”, disse Pinli.

A comitiva chegou ao aeroporto de Macaé pela manhã, onde foi recepcionada pelo gerente de Comunicação e Seguranças de Informações da Petrobras na Bacia de Campos, Lincoln Weinhardt. Após a exibição do vídeo sobre a auto-suficiência brasileira em petróleo conquistada em 2006, houve uma palestra sobre as atividades e as instalações da companhia na região.

Lincoln Weinhardt falou ainda sobre a importância da descoberta da Bacia de Campos – que está completando 30 anos de produção em 2007– para o crescimento econômico do Brasil e para o alcance e a manutenção da auto-suficiência em petróleo. Em seguida, os integrantes da CNOOC, acompanhados pelo diretor geral e pela diretora de tecnologia do Ministério de Tecnologia da China, Gou Ling e Lui Fengxia, além do representante do escritório da Petrobras na China, engenheiro Han Chia, embarcaram para a P-48.

“Nós também utilizamos FPSOs na China, mas em águas rasas. Na Petrobras, buscamos conhecer as conquistas tecnológicas desenvolvidas em águas profundas”, disse o vice-presidente da CNOOC, Zhou Shouwei. Na plataforma, o grupo conheceu as operações, a capacidade de produção e as tecnologias da plataforma, retornando a Macaé no fim da tarde.


Fonte: Petrobras
Seu Nome:

Seu Email:

Nome do amigo:

Email do amigo:

Comentário:


Enviar