acesso a redes sociais
  • tumblr.
  • twitter
  • Youtube
  • Linkedin
  • flickr
conecte-se a TN
  • ver todas
  • versão online
  • Rss
central de anunciante
  • anunciar no site
  • anunciar na revista
Pesquisa e Tecnologia

Empresa brasileira lança Centro de Pesquisa e Aplicação para óleo e gás

27/06/2012 | 16h54
Começou a operar essa semana o novo Centro de Pesquisa e Aplicação (CPA) da Carboflex, empresa brasileira que atua no segmento de petróleo e gás, que vai funcionar em Macaé, no Rio de Janeiro. No novo CPA serão desenvolvidos sistemas de fluidos de perfuração de alta performance, fluidos de completação e aditivos para produção, visando sempre produtos ecologicamente corretos.

O CPA também reunirá mão de obra altamente especializada, formada por doutores, mestres, engenheiros, químicos e técnicos, que terão como principal objetivo desenvolver produtos e soluções inteligentes para o mercado.

“O mundo inteiro está pensando e desenvolvendo novas tecnologias para o segmento de petróleo e gás. Com a inauguração do CPA estamos dando a nossa contribuição para fortalecer a presença brasileira nesse movimento, já que somos uma empresa com capital 100% nacional”, afirma Sérgio Moreira, diretor da Carboflex.

O empreendimento realizará vários tipos de pesquisa, principalmente aquelas voltadas para fluidos HPHT (alta pressão e alta temperatura) e produtos multifuncionais focados para o pré-sal, sendo que o CPA vai desenvolver soluções para todas as unidades industriais da Carboflex no país, localizadas nos estados do Rio de Janeiro, Espírito Santo, Bahia, Sergipe e Rio Grande do Norte, além da unidade operacional em atividade no estado do Amazonas, possibilitando uma logística eficiente.

“Este CPA representa um grande passo para a empresa, pois é o único de uma companhia brasileira voltado para pesquisa e aplicação na área de fluido de perfuração e produção, sendo dotado de equipamentos que somente a Carboflex possui no Brasil”, finaliza Moreira.


Fonte: Redação
Seu Nome:

Seu Email:

Nome do amigo:

Email do amigo:

Comentário:


Enviar