acesso a redes sociais
  • tumblr.
  • twitter
  • Youtube
  • Linkedin
  • flickr
conecte-se a TN
  • ver todas
  • versão online
  • Rss
central de anunciante
  • anunciar no site
  • anunciar na revista
publicidade
Ipiranga

Empresa apresenta os resultados do terceiro trimestre de 2006

09/11/2006 | 00h00

No terceiro trimestre de 2006 as Empresas Petróleo Ipiranga registraram Receita Bruta Consolidada de R$ 8,1 bilhões, um aumento de 12% quando comparado aos resultados obtidos no mesmo período do ano passado. O Lucro Líquido Consolidado ficou em R$ 136,2 milhões e o EBITDA (do inglês Earnings Before Interest rates, Taxes, Depreciation and Amortization - lucro antes de juros, impostos, depreciações e amortizações) Consolidado no período fechou em R$ 238 milhões.

Os números foram apresentados hoje (quinta-feira, 9) pela manhã durante entrevista coletiva realizada, via internet, e que contou com a participação do superintendente da Companhia Brasileira de Petróleo Ipiranga, Leocádio Antunes Filho, do diretor da Ipiranga Petroquímica, Alfredo Tellechea e da diretora da Refinaria Ipiranga, Elizabeth Tellechea.

“Os resultados são bastante satisfatórios”, afirmou Leocádio Antunes Filho.

A Ipiranga Petróleo alcançou Receita Bruta de R$ 5,7 bilhões, aumento de 12,9% ante o mesmo período do ano passado. O Lucro Líquido foi de R$ 77,8 milhões nesse terceiro trimestre.

A Ipiranga Distribuidora fechou o período com uma Receita Bruta de R$ 891,2 milhões, maior em 5,7% que a registrada no mesmo período de 2005. O Lucro Líquido cresceu 43,2%, chegando a R$ 53 milhões.

Para a Ipiranga Petroquímica (IPQ), o terceiro trimestre foi significativamente positivo. A Receita Bruta foi de R$ 649,8 milhões, 12,3% superior à registrada no mesmo período de 2005. O Lucro Líquido cresceu 20,2% fechando o período em R$ 61,2 milhões e o EBITDA foi de R$ 52,9 milhões, o maior alcançado desde o primeiro trimestre de 2005, o que demonstra um cenário favorável para os resultados futuros da empresa.

Já a Receita Bruta da Ipiranga Refinaria foi de R$ 26,2 milhões, o Lucro Líquido foi de R$ 35,2 milhões, sendo R$ 41,1 milhões vindos de suas participações societárias e R$ 5,9 milhões do prejuízo de sua operação de refino. O EBITDA ficou negativo em R$ 6,4 milhões.

Para a Ipiranga, é preciso levar em consideração que a atividade de refino de petróleo da empresa esteve paralisada durante todo o terceiro trimestre, devido à defasagem entre preços de petróleo e preços de produtos derivados. No dia 14 de outubro a Unidade de Refino da Ipiranga retornou a operação.

Sobre as perspectivas para 2007, Alfredo Tellechea disse que é sempre bom contar com ventos favoráveis impulsionando a economia. “Se o Brasil crescer como é esperado, nosso setor terá seguramente um crescimento de dois digitos, acima dos 10%”, disse.

“Nós temos sido cautelosos em nossas projeções. Com um quadro melhor definido, até o final do ano, poderemos fazer uma avaliação melhor do que deve ocorrer ao longo de 2007”, ponderou Leocádio.



Fonte: Da Redação
Seu Nome:

Seu Email:

Nome do amigo:

Email do amigo:

Comentário:


Enviar