acesso a redes sociais
  • tumblr.
  • twitter
  • Youtube
  • Linkedin
  • flickr
conecte-se a TN
  • ver todas
  • versão online
  • Rss
central de anunciante
  • anunciar no site
  • anunciar na revista
Pré-Sal

Em megaoferta, Petrobras vai emitir até 4,3 bilhões de ações

03/09/2010 | 08h25
Em sua oferta pública de ações para permitir a exploração do pré-sal pela Petrobras, a estatal vai emitir 2.174.073.900 novas ações ordinárias e 1.585.867.998 novas ações preferenciais. Juntamente com as ações ordinárias, também serão emitidos ADRs (recibos de ações), tendo em vista que a oferta será realizada simultaneamente no Brasil e no exterior.
 

Segundo prospecto divulgado ao mercado hoje, a Petrobras poderá ainda optar por um lote adicional de até 375.994.189 papéis, entre ações ordinárias e preferenciais, incluindo ADRs, o que equivale a até 10% das ações inicialmente ofertadas.


Além disso, a oferta poderá ser acrescida de um lote suplementar de até 187.997.094 papéis, entre ações ordinárias e preferenciais, incluindo ADRs, o que equivale a até 5% do total de ações (contando o lote adicional).


A distribuição das ações será realizada por meio de três ofertas distintas: uma oferta prioritária destinada aos acionistas, uma oferta ao varejo e outra aos investidores institucionais.


Na oferta prioritária, que se destina aos acionistas com posição de custódia no dia 10 de setembro, serão destinados até 80% das ações ordinárias e até 80% das preferenciais (sem considerar a emissão dos lotes suplementares e adicionais).


De acordo com o cronograma preliminar da oferta, o início das negociações das ações da oferta na Bolsa de Valores de São Paulo (BM & FBovespa) está previsto para 27 de setembro. No âmbito da oferta internacional, a inauguração dos ADRs na bolsa de valores de Nova York (Nyse, na sigla em inglês), está marcada para 24 de setembro.


O período de reserva da oferta prioritária e da oferta de varejo terá início em 13 de setembro. A previsão é de que o procedimento de roadshow seja finalizado em 23 de setembro, quando o Conselho de Administração da Petrobras se reunirá para definir o preço por ação.


Conforme matéria publicada na edição de hoje do Valor, a oferta de ações da Petrobras movimentará até R$ 128 bilhões, no caso de demanda extra pelos papéis. Desta forma, o aumento da capitalização da estatal será de 42% a 49%. Com base no fechamento do pregão de ontem, a companhia vale R$ 260 bilhões na bolsa.


Fonte: Valor Online
Seu Nome:

Seu Email:

Nome do amigo:

Email do amigo:

Comentário:


Enviar