acesso a redes sociais
  • tumblr.
  • twitter
  • Youtube
  • Linkedin
  • flickr
conecte-se a TN
  • ver todas
  • versão online
  • Rss
central de anunciante
  • anunciar no site
  • anunciar na revista
Energia Nuclear

Eletronuclear inicia reabastecimento de Angra 2

03/05/2013 | 09h56
Eletronuclear inicia reabastecimento de Angra 2
Angra 2(esquerda) e Angra 1(direita). Eletronuclear Angra 2(esquerda) e Angra 1(direita). Eletronuclear

 

No próximo sábado (4), à 0h45, a Eletrobras Eletronuclear vai desconectar a usina nuclear Angra 2 do Sistema Interligado Nacional (SIN) para reabastecimento de combustível. Trata-se de uma parada programada, em comum acordo com o Operador Nacional do Sistema (ONS), com duração estimada de 30 dias. 
Cerca de 1/3 do combustível nuclear será recarregado, além de serem realizadas atividades de inspeção e manutenção periódicas e também instalações de diversas modificações de projeto, que precisam ser feitas com a usina desligada. Durante o período, o ONS realizará manobras no sistema interligado de forma a garantir o abastecimento seguro.  
Segundo a Eletrobras, foram contratadas firmas nacionais e internacionais que irão disponibilizar 1.150 profissionais (sendo 150 estrangeiros) para dar suporte aos técnicos da Eletronuclear. Dentre as tarefas que serão executadas no período estão: inspeções e revisões de equipamentos de uma das redundâncias de segurança da usina; revisão e troca das pás do rotor da bomba de água de refrigeração principal; substituição dos bancos de baterias da usina;  modernização do sistema de controle do reator e do sistema de segurança para casos de perda de energia externa.

No próximo sábado (4), à 0h45, a Eletrobras Eletronuclear vai desconectar a usina nuclear Angra 2 do Sistema Interligado Nacional (SIN) para reabastecimento de combustível. Trata-se de uma parada programada, em comum acordo com o Operador Nacional do Sistema (ONS), com duração estimada de 30 dias.


Cerca de 1/3 do combustível nuclear será recarregado, além de serem realizadas atividades de inspeção e manutenção periódicas e também instalações de diversas modificações de projeto, que precisam ser feitas com a usina desligada. Durante o período, o ONS realizará manobras no sistema interligado de forma a garantir o abastecimento seguro.


Segundo a Eletrobras, foram contratadas firmas nacionais e internacionais que irão disponibilizar 1.150 profissionais (sendo 150 estrangeiros) para dar suporte aos técnicos da Eletronuclear. Dentre as tarefas que serão executadas no período estão: inspeções e revisões de equipamentos de uma das redundâncias de segurança da usina; revisão e troca das pás do rotor da bomba de água de refrigeração principal; substituição dos bancos de baterias da usina;  modernização do sistema de controle do reator e do sistema de segurança para casos de perda de energia externa.



Fonte: Revista TN Petróleo, Redação
Seu Nome:

Seu Email:

Nome do amigo:

Email do amigo:

Comentário:


Enviar