acesso a redes sociais
  • tumblr.
  • twitter
  • Youtube
  • Linkedin
  • flickr
conecte-se a TN
  • ver todas
  • versão online
  • Rss
central de anunciante
  • anunciar no site
  • anunciar na revista
Energia

Eletrobras se reúne para discutir proposta por EDP

13/10/2011 | 15h37
A diretoria da Eletrobras se reunirá na tarde desta quinta-feira (13) com o presidente do Conselho da estatal, Márcio Zimmermann, secretário-executivo do Ministério de Minas e Energia, para discutir a proposta da empresa para compra de participação na portuguesa EDP.

A informação é do presidente da Eletrobras, José da Costa Carvalho Neto.

Segundo ele, a disputa pela fatia na EDP envolverá preço, sistema de governança e um projeto industrial para o grupo português. São esses os temas que serão discutidos com Zimmermann, em reunião prevista para começar às 16h.

"Queremos disputar (a participação na EDP)", disse o presidente da Eletrobras. "mas não vamos fazer loucura. Vamos ver o que é razoável", acrescentou.

No final de setembro, Carvalho Neto viajou a Portugal, onde teve novas discussões sobre a EDP. "Recebemos a carta do governo (português) com as condições. Analisamos tudo e faremos hoje uma apresentação ao presidente do conselho", disse Carvalho Neto.

Em 29 de setembro, uma fonte disse à Reuters que a opção do governo português por uma venda direta da Energias de Portugal (EDP), em vez de leilão, pode facilitar a compra da fatia de 20% da empresa pela Eletrobras.

A avaliação dentro da Eletrobras é de que, para a operação ser viável, o valor de compra da EDP precisa assegurar a futura rentabilidade do negócio, segundo disse a fonte à época.

O governo português quer concluir a venda de parte da EDP que possui até o fim de 2011 para cumprir os compromissos assumidos dentro do plano de resgate concedido pela União Europeia (UE) e pelo Fundo Monetário Internacional (FMI), de 78 bilhões de euros.


Etanol

Após participar de reunião com Carvalho Neto, o ministro de Minas e Energia, Edison Lobão, disse a jornalistas que entre a próxima sexta-feira (14) e a segunda-feira (17) da semana que vem sairá a Medida Provisória que trata do financiamento aos estoques de etanol. A proposta do governo, segundo ele, é viabilizar estoques de três meses.


Fonte: Agência Estado
Seu Nome:

Seu Email:

Nome do amigo:

Email do amigo:

Comentário:


Enviar