acesso a redes sociais
  • tumblr.
  • twitter
  • Youtube
  • Linkedin
  • flickr
conecte-se a TN
  • ver todas
  • versão online
  • Rss
central de anunciante
  • anunciar no site
  • anunciar na revista
Energia

Eletrobras apresenta primeiro esboço do seu plano de reestruturação

15/03/2013 | 09h45

 

O primeiro esboço do plano de reestruturação da Eletrobras foi apresentado na tarde de quinta-feira (14) pelo presidente da empresa, José da Costa Carvalho Neto, ao ministro de Minas e Energia, Edison Lobão. O plano prevê cortes de gastos para melhorar o ganho de eficiência operacional da empresa.
Mais cedo, Carvalho Neto explicou que o plano prevê, em um primeiro momento, ações voltadas para a eficiência operacional, como a escolha prioritária dos investimentos da empresa. Em um segundo momento, estão previstas medidas para melhoria da estruturação societária e organizacional da Eletrobras.
Ele disse que os investimentos internacionais da empresa devem ser mantidos, visando a integração da América do Sul. “Está avançando bem, estamos satisfeitos, a empresa realmente recebeu um impacto mas tem todas as condições de se fortalecer e cumprir o papel que está reservado a ela no cenário nacional e internacional”.
Em relação à possibilidade de venda das distribuidoras, Carvalho Neto disse que existem cenários em que a empresa fica com todas as distribuidoras e outros em que parte delas é vendida. “Estamos oferecendo diversas opções para que o governo escolha”. Ele lembrou que a decisão ainda deve passar pelo conselho de acionistas da empresa.

O primeiro esboço do plano de reestruturação da Eletrobras foi apresentado na tarde de quinta-feira (14) pelo presidente da empresa, José da Costa Carvalho Neto, ao ministro de Minas e Energia, Edison Lobão. O plano prevê cortes de gastos para melhorar o ganho de eficiência operacional da empresa.


Mais cedo, Carvalho Neto explicou que o plano prevê, em um primeiro momento, ações voltadas para a eficiência operacional, como a escolha prioritária dos investimentos da empresa. Em um segundo momento, estão previstas medidas para melhoria da estruturação societária e organizacional da Eletrobras.


Ele disse que os investimentos internacionais da empresa devem ser mantidos, visando a integração da América do Sul. “Está avançando bem, estamos satisfeitos, a empresa realmente recebeu um impacto mas tem todas as condições de se fortalecer e cumprir o papel que está reservado a ela no cenário nacional e internacional”.


Em relação à possibilidade de venda das distribuidoras, Carvalho Neto disse que existem cenários em que a empresa fica com todas as distribuidoras e outros em que parte delas é vendida. “Estamos oferecendo diversas opções para que o governo escolha”. Ele lembrou que a decisão ainda deve passar pelo conselho de acionistas da empresa.

 



Fonte: Agência Brasil
Seu Nome:

Seu Email:

Nome do amigo:

Email do amigo:

Comentário:


Enviar