acesso a redes sociais
  • tumblr.
  • twitter
  • Youtube
  • Linkedin
  • flickr
conecte-se a TN
  • ver todas
  • versão online
  • Rss
central de anunciante
  • anunciar no site
  • anunciar na revista
Energia

Eike Batista começa a produzir energia solar

04/08/2011 | 12h13
O empresário Eike Batista inaugura hoje (4), em Tauá, na região conhecida como Sertão dos Inhamuns, no Ceará, a primeira usina de energia solar comercial do Brasil. "Concluímos a montagem dos painéis solares da usina de Tauá", destaca o empresário em sua página no Twitter. "No total, são 4.680 painéis, de 18 quilos cada, que somam 84 toneladas, agrupadas numa área de 12 mil metros quadrados. Fabricados pela japonesa Kyocera, os painéis captam a luz do sol para a conversão em energia elétrica."

Chamada de MPX Solar Tauá, a usina, que já vem operando desde abril, funciona quase como um projeto piloto para voos mais altos nesse segmento. Possui capacidade de gerar um megawatt (MW), o suficiente para abastecer 1,5 mil residências.

A MPX Solar já obteve autorização da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) e da Superintendência Estadual de Meio Ambiente do Ceará (Semace) para expandir sua capacidade até cinco megawatts. O investimento no projeto é de R$ 12 milhões, com apoio do governo do estado, do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) e da Prefeitura de Tauá.

"Tauá concorre para ser eleita uma das 100 mais importantes iniciativas de economia verde da última década. O Livro Verde do Século XXI, publicação do Conselho Euro-Brasileiro de Desenvolvimento Sustentável (Eubra) e da agência Organização das Nações Unidas Habitat, reunirá 350 casos de sucesso em todo o mundo, entre eles, o da nossa usina. Se o empreendimento for eleito como uma das 100 melhores práticas, ganhará destaque na publicação", aposta Eike.


Sem Dilma

A solenidade de inauguração da usina não contará com a presença da presidenta Dilma Rousseff nem do governador do Ceará, Cid Gomes (PSB), como estava previsto. Representando a presidente vem o ministro das Minas e Energia, Edson Lobão e o governador será representado pelo vice, Domingos Filho (PMDB).

O presidente da Agência de Desenvolvimento do Ceará (Adece), Zuza Oliveira, por meio de nota à imprensa, informa que a MPX Solar vai trabalhar além do desenvolvimento de montagem de painéis solares com extração de quartzo, silício e fabricação de células fotovoltaicas. "Com isso vamos garantir uma redução do valor pago pela energia solar de aproximadamente R$ 500 para R$ 140 o megawatt/hora, que é o valor comercial para fontes como a hidrelétrica."

O processo de produção começa com a luz solar incidindo sobre estes painéis, que são responsáveis pela transformação da radiação em energia. A energia elétrica é então conduzida por cabos até caixas de controle e monitoramento. Após concentrada, toda essa energia é enviada por cabos subterrâneos para uma sala onde ocorre a transformação da energia de corrente contínua para corrente alternada.

Tauá, localizada a 360 quilômetros de Fortaleza, foi escolhida para sediar a usina porque possui os melhores índices solares do Nordeste. O município está bem próximo à Linha do Equador. O Ceará é, por enquanto, o único estado brasileiro a possuir uma legislação exclusiva para a energia solar, informa Zuza Oliveira.


Fonte: Agência Estado
Seu Nome:

Seu Email:

Nome do amigo:

Email do amigo:

Comentário:


Enviar