acesso a redes sociais
  • tumblr.
  • twitter
  • Youtube
  • Linkedin
  • flickr
conecte-se a TN
  • ver todas
  • versão online
  • Rss
central de anunciante
  • anunciar no site
  • anunciar na revista
Meio Ambiente

EDP planeja cortar 70% das emissões poluentes até 2020

16/12/2009 | 09h18

A EDP se comprometeu, nesta terça-feira, a reduzir as emissões de dióxido de carbono em 70% até 2020, faltando poucos dias para o fim da Conferência do Clima, em Copenhague, patrocinada pela ONU para debater as mudanças climáticas.



Em comunicado, a empresa portuguesa de eletricidade explica que "tem como objetivo reduzir as emissões específicas de CO2 em 70%" até 2020, e destaca que as energias renováveis, especificamente eólica e hídrica, "já representam 60% da capacidade instalada e quase 50% da produção total de energia do grupo".



A EDP "espera que venha a ser obtido em Copenhague um acordo climático ambicioso que permita, através da redução de emissões de gases com efeito de estufa", como o dióxido de carbono, "em nível mundial, cumprir o objetivo principal de limitar o aquecimento global a dois graus Celsius".



O grupo considera "fundamental" o reconhecimento da meta mundial fixada para 2050 de cortar em 50% as emissões, assim como ampliar a redução de gases com efeito estufa a outros poluentes, além do CO2, e definir "um quadro legal e regulamentar estável, vinculativo e global pós-Quioto".



A EDP pede a "cooperação internacional", e defende que "o crescimento dos países em vias de desenvolvimento não seja travado como consequência de sua contribuição para a resolução" do aquecimento global.



Fonte: Agência Lusa
Seu Nome:

Seu Email:

Nome do amigo:

Email do amigo:

Comentário:


Enviar