acesso a redes sociais
  • tumblr.
  • twitter
  • Youtube
  • Linkedin
  • flickr
conecte-se a TN
  • ver todas
  • versão online
  • Rss
central de anunciante
  • anunciar no site
  • anunciar na revista
PD&I

Ecovix fará parte de parque tecnológico no RS

13/03/2014 | 15h20

 

A Ecovix será o primeiro estaleiro do Brasil a fazer parte de um polo tecnológico. 
Durante a cerimônia de abertura da 3ª Feira do Polo Naval, que acontece até 
amanhã (14) no Rio Grande do Sul, foi assinado o contrato entre a Universidade 
Federal do Rio Grande (Furg) e o Tecvix, instituto de inovação e desenvolvimento 
tecnológico da Ecovix, para que a mesma seja a âncora do Parque Tecnológico 
Oceantec da Furg.  
Segundo Alexandre Canhetti, diretor da companhia, o Tecvix auxiliará o estaleiro a 
alcançar padrões internacionais de produtividade, além de congregar atividades de 
treinamento avançado e capacitação de pessoal. "A Ecovix no Oceantec, 
juntamente com as universidades e apoio governamental, proporcionará a sinergia 
necessária para buscar padrões de competitividades internacionais, ao 
atendimento de qualidade as demandas do pré-sal e ao desenvolvimento regional 
sustentável", explica.
O Tecvix busca a inovação tecnológica, com a missão de estimular o 
desenvolvimento de soluções, seja em produtos, produtos, processos, serviços ou 
novos negícios para a Ecovix. No ano passado o instituto recebeu seu primeiro 
prêmio na terceira edição do Prêmio Naval de Qualidade e Sustentabilidade 
(PNQS) na Categoria Caminhos para a Competitividade.

A Ecovix será o primeiro estaleiro do Brasil a fazer parte de um polo tecnológico. Durante a cerimônia de abertura da 3ª Feira do Polo Naval, que acontece até amanhã (14) no Rio Grande do Sul, foi assinado o contrato entre a Universidade Federal do Rio Grande (Furg) e o Tecvix, instituto de inovação e desenvolvimento tecnológico da Ecovix, para que a mesma seja a âncora do Parque Tecnológico Oceantec da Furg.  

Segundo Alexandre Canhetti, diretor da companhia, o Tecvix auxiliará o estaleiro a alcançar padrões internacionais de produtividade, além de congregar atividades de treinamento avançado e capacitação de pessoal. "A Ecovix no Oceantec, juntamente com as universidades e apoio governamental, proporcionará a sinergia necessária para buscar padrões de competitividades internacionais, ao atendimento de qualidade as demandas do pré-sal e ao desenvolvimento regional sustentável", explica.

O Tecvix busca a inovação tecnológica, com a missão de estimular o desenvolvimento de soluções, seja em produtos, produtos, processos, serviços ou novos negícios para a Ecovix. No ano passado o instituto recebeu seu primeiro prêmio na terceira edição do Prêmio Naval de Qualidade e Sustentabilidade (PNQS) na Categoria Caminhos para a Competitividade.



Fonte: Redação TN/ Maria Fernanda Romero
Seu Nome:

Seu Email:

Nome do amigo:

Email do amigo:

Comentário:


Enviar