acesso a redes sociais
  • tumblr.
  • twitter
  • Youtube
  • Linkedin
  • flickr
conecte-se a TN
  • ver todas
  • versão online
  • Rss
central de anunciante
  • anunciar no site
  • anunciar na revista
Internacional

Economia chinesa poderá continuar a crescer 7,7% em 2014

28/02/2014 | 11h08

 

A economia chinesa, a segunda maior do mundo, poderá continuar a crescer "em torno de 7,7%" em 2014, de acordo com previsão de um grupo de estudo governamental citado hoje (28) pela imprensa oficial chinesa.
Apesar de algumas tendências de abrandamento internas, o comércio externo da China poderá crescer este ano 8%, "impulsionado pela recuperação económica global", disse Li Wei, chefe do Centro de Investigação e Desenvolvimento do Conselho de Estado.
A meta de crescimento fixada pelo governo chinês para 2014 será anunciada na próxima semana pelo primeiro-ministro, Li Keqiang, na abertura da sessão anual da Assembleia Nacional Popular (Parlamento).
Em 2013, a economia chinesa cresceu 7,7%, acima da meta de "cerca de 7,5%" estabelecida pelo governo e igualando-se ao crescimento do ano anterior.
A China tornou-se a segunda maior economia mundial em 2010, ultrapassando o Japão, mas os índices de crescimento de dois dígitos parecem ter passado à história.
O crescimento do Produto Interno Bruto chinês caiu para 9,3%, em 2011 e para 7,7% no ano seguinte, o valor mais baixo desde 1999.

A economia chinesa, a segunda maior do mundo, poderá continuar a crescer "em torno de 7,7%" em 2014, de acordo com previsão de um grupo de estudo governamental citado hoje (28) pela imprensa oficial chinesa.

Apesar de algumas tendências de abrandamento internas, o comércio externo da China poderá crescer este ano 8%, "impulsionado pela recuperação económica global", disse Li Wei, chefe do Centro de Investigação e Desenvolvimento do Conselho de Estado.

A meta de crescimento fixada pelo governo chinês para 2014 será anunciada na próxima semana pelo primeiro-ministro, Li Keqiang, na abertura da sessão anual da Assembleia Nacional Popular (Parlamento).

Em 2013, a economia chinesa cresceu 7,7%, acima da meta de "cerca de 7,5%" estabelecida pelo governo e igualando-se ao crescimento do ano anterior.

A China tornou-se a segunda maior economia mundial em 2010, ultrapassando o Japão, mas os índices de crescimento de dois dígitos parecem ter passado à história.

O crescimento do Produto Interno Bruto chinês caiu para 9,3%, em 2011 e para 7,7% no ano seguinte, o valor mais baixo desde 1999.

 



Fonte: Agência Brasil
Seu Nome:

Seu Email:

Nome do amigo:

Email do amigo:

Comentário:


Enviar