acesso a redes sociais
  • tumblr.
  • twitter
  • Youtube
  • Linkedin
  • flickr
conecte-se a TN
  • ver todas
  • versão online
  • Rss
central de anunciante
  • anunciar no site
  • anunciar na revista
Indústria Naval

EBR inicia obras de estaleiro em RS

05/09/2013 | 15h32

 

A Estaleiros do Brasil (EBR) inicia amanhã a construção dos pavilhões industriais do estaleiro em São José do Norte (RS), a 350 quilômetros de Porto Alegre, numa área que faz parte do porto organizado do município vizinho de Rio Grande. No local serão montados e integrados os módulos da P-74, a primeira plataforma da Petrobras para operar no modelo de cessão onerosa no campo de Franco, na área do pré-sal na Bacia de Santos.
A construção do estaleiro foi anunciado em novembro de 2010 pelo presidente da EBR, Alberto Padilla. A empresa iniciou neste ano a terraplenagem da área de 150 hectares e em abril assinou o contrato para a integração da P-74, no valor de US$ 740 milhões.
A EBR é controlada pela holding TS Participações, que tem como sócios a brasileira Setal Óleo e Gás e japonesa Toyo Engineering, cada uma com 50% de participação. Conforme a empresa, o investimento na primeira etapa de instalação do estaleiro será de R$ 300 milhões. A unidade terá capacidade para processar 110 mil toneladas de aço por ano e cais com 820 metros de extensão para montar duas unidades FPSO (navios-plataforma) ao mesmo tempo.
A construção dos módulos para a P-74 começará neste ano e até o início de 2015 ele receberá o casco da plataforma para a integração.

A Estaleiros do Brasil (EBR) inicia amanhã a construção dos pavilhões industriais do estaleiro em São José do Norte (RS), a 350 quilômetros de Porto Alegre, numa área que faz parte do porto organizado do município vizinho de Rio Grande. No local serão montados e integrados os módulos da P-74, a primeira plataforma da Petrobras para operar no modelo de cessão onerosa no campo de Franco, na área do pré-sal na Bacia de Santos.


A construção do estaleiro foi anunciado em novembro de 2010 pelo presidente da EBR, Alberto Padilla. A empresa iniciou neste ano a terraplenagem da área de 150 hectares e em abril assinou o contrato para a integração da P-74, no valor de US$ 740 milhões.


A EBR é controlada pela holding TS Participações, que tem como sócios a brasileira Setal Óleo e Gás e japonesa Toyo Engineering, cada uma com 50% de participação. Conforme a empresa, o investimento na primeira etapa de instalação do estaleiro será de R$ 300 milhões. A unidade terá capacidade para processar 110 mil toneladas de aço por ano e cais com 820 metros de extensão para montar duas unidades FPSO (navios-plataforma) ao mesmo tempo.


A construção dos módulos para a P-74 começará neste ano e até o início de 2015 ele receberá o casco da plataforma para a integração.

 



Fonte: Valor Econômico
Seu Nome:

Seu Email:

Nome do amigo:

Email do amigo:

Comentário:


Enviar