acesso a redes sociais
  • tumblr.
  • twitter
  • Youtube
  • Linkedin
  • flickr
conecte-se a TN
  • ver todas
  • versão online
  • Rss
central de anunciante
  • anunciar no site
  • anunciar na revista
Energia

Distribuidoras brasileiras precisam melhorar qualidade do fornecimento de energia, diz Zimmermann

05/10/2011 | 16h07
O secretário-executivo do Ministério de Minas e Energia, Márcio Zimmermann, disse hoje (5) que as distribuidoras precisam melhorar a qualidade do fornecimento de energia no Brasil. A afirmação foi feita durante Encontro Nacional de Agentes do Setor Elétrico, no Rio de Janeiro.


Indicadores da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) mostram que, entre 2000 e 2010, não houve avanços no que se refere ao tempo em que o consumidor brasileiro ficou sem energia. Se, em 2000, o índice de horas de interrupção de energia foi de 17,44, em 2010, foi de 18,35.

 
Já o índice de interrupções no fornecimento de energia mantém-se praticamente estável desde 2004, quando foram registradas, em média, 12,12 interrupções. Em 2010, foram 11,28.


Segundo Zimmermann, com os investimentos feitos na expansão da matriz energética brasileira, o risco de racionamento de energia atualmente é baixo no país. Por isso, o maior desafio hoje é investir na melhoria dos sistemas de distribuição para garantir a qualidade do fornecimento dessa energia.


“Uma das coisas mais importantes é a qualidade da energia. Então, temos um esforço de busca permanente da melhoria dos índices de qualidade de energia do setor elétrico”, disse.

 
Segundo o diretor-geral da Aneel, Nelson Hübner, muitas redes distribuidoras carecem de investimentos. No encontro, ele afirmou que o Brasil não pode mais “conviver” com blecautes.


Fonte: Agência Brasil
Seu Nome:

Seu Email:

Nome do amigo:

Email do amigo:

Comentário:


Enviar