acesso a redes sociais
  • tumblr.
  • twitter
  • Youtube
  • Linkedin
  • flickr
conecte-se a TN
  • ver todas
  • versão online
  • Rss
central de anunciante
  • anunciar no site
  • anunciar na revista
Opinião

Dilma descarta que crise líbia afetará fornecimento de petróleo

03/03/2011 | 15h26
A presidente Dilma Rousseff disse nesta quinta-feira que não acredita que as turbulências políticas na Líbia tenham potencial para afetar o fornecimento de petróleo no mundo.


Segundo ela, a produção de petróleo do país do norte da África é semelhante em volume à produção brasileira e, portanto, não afetará o abastecimento mundial.


"Não há hipótese de afetar o conjunto do fornecimento do mundo por conta disso. Agora, é certo que é um petróleo leve, um petróleo com baixo teor de enxofre e, portanto, é um petróleo bastante valorizado e importante", explicou.


O preço já sofreu com a crise política no país. O petróleo negociado nos EUA ultrapassou a marca dos 100 dólares.


Questionada sobre a possibilidade das exportações brasileiras para a Líbia serem afetadas, Dilma afirmou que os investidores nacionais vão sentir a turbulência.


"Nós mais do que exportarmos (para a Líbia), nós tínhamos e temos investimentos diretos de empresas brasileiras lá na Líbia e isso causa, óbvio, para esses investidores uma turbulência. Mas, nós esperamos que esse processo não seja um processo permanente e duradouro", avaliou.


A Líbia vive uma crise política, com confrontos entre civis e forças do líder Muammar Gaddafi. Inspirados nas revoltas sociais do mundo árabe em busca de democracia, os líbios também foram às ruas para tentar derrubar Gaddafi, que está há quatro décadas no poder.
 


Fonte: Redação/ Agências
Seu Nome:

Seu Email:

Nome do amigo:

Email do amigo:

Comentário:


Enviar