acesso a redes sociais
  • tumblr.
  • twitter
  • Youtube
  • Linkedin
  • flickr
conecte-se a TN
  • ver todas
  • versão online
  • Rss
central de anunciante
  • anunciar no site
  • anunciar na revista
Empresas

Desa recebe R$ 26,3 milhões do BNDES para usinas Eurus 1 e Eurus 3

26/07/2013 | 13h11

 

Desa recebe R$ 26,3 milhões do BNDES para usinas Eurus 1 e Eurus 3
A DESA - Dobreve Energia S/A -, uma das maiores empreendedoras em geração de energia elétrica a partir de fontes renováveis, acaba de ter liberada uma verba de R$ 26,3 milhões por parte do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES). Os recursos são destinados à construção dos parques eólicos Eurus 1 e Eurus 3, ambos no Rio Grande do Norte, com uma potência aproximada de 60 megawatts (MW)
 
Com essa liberação, a geradora acaba de obter 72% das verbas destinadas aos itens financiáveis dos projetos, um volume de cerca de R$ 102 milhões até o momento. Os aportes de recursos por parte do BNDES significam que os empreendimentos caminham na velocidade programada, cumprindo todas as normas e procedimentos estabelecidos em seu planejamento. “Isso demonstra a capacidade da empresa na viabilização e execução de obras”, afirma William Schmidt, Chief Financial Officer (CFO) da DESA.
 
A DESA concluiu, em junho de 2012, a construção dos parques eólicos Morro dos Ventos (145,2 MW), nos quais investiu R$ 585 milhões e que estão localizados nos municípios de João Câmara e Parazinho, no Rio Grande do Norte. A conclusão da obra ocorreu antes do prazo determinado pelo edital do leilão de energias renováveis realizado pelo governo em 2009.  

A DESA - Dobreve Energia S/A -, uma das maiores empreendedoras em geração de energia elétrica a partir de fontes renováveis, acaba de ter liberada uma verba de R$ 26,3 milhões por parte do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES). Os recursos são destinados à construção dos parques eólicos Eurus 1 e Eurus 3, ambos no Rio Grande do Norte, com uma potência aproximada de 60 megawatts (MW) Com essa liberação, a geradora acaba de obter 72% das verbas destinadas aos itens financiáveis dos projetos, um volume de cerca de R$ 102 milhões até o momento.

 

Os aportes de recursos por parte do BNDES significam que os empreendimentos caminham na velocidade programada, cumprindo todas as normas e procedimentos estabelecidos em seu planejamento. “Isso demonstra a capacidade da empresa na viabilização e execução de obras”, afirma William Schmidt, Chief Financial Officer (CFO) da DESA. 

 

A DESA concluiu, em junho de 2012, a construção dos parques eólicos Morro dos Ventos (145,2 MW), nos quais investiu R$ 585 milhões e que estão localizados nos municípios de João Câmara e Parazinho, no Rio Grande do Norte. A conclusão da obra ocorreu antes do prazo determinado pelo edital do leilão de energias renováveis realizado pelo governo em 2009.  



Fonte: Redação TN/ Ascom Desa
Seu Nome:

Seu Email:

Nome do amigo:

Email do amigo:

Comentário:


Enviar