acesso a redes sociais
  • tumblr.
  • twitter
  • Youtube
  • Linkedin
  • flickr
conecte-se a TN
  • ver todas
  • versão online
  • Rss
central de anunciante
  • anunciar no site
  • anunciar na revista
Política

Deputados aprovam comissão externa para investigar denúncia sobre Petrobras

12/03/2014 | 10h22

 

Mesmo com todas as tentativas do governo de barrar a criação de uma comissão externa para investigar denúncias de pagamento de propina a funcionários da Petrobras, a Câmara dos Deputados aprovou ontem (11) a proposta em votação simbólica. O requerimento foi aprovado com apoio da bancada do PMDB, partido da base aliada ao governo.
O governo ainda tentou barrar a iniciativa da oposição por meio de um requerimento pela retirada da proposta, mas o plenário rejeitou o pedido. Por 216 votos a favor, 38 contrários e 11 abstenções, os parlamentares mantiveram em pauta a proposta da oposição.
Com a criação da comissão, deputados deverão viajar à Holanda para acompanhar a investigação de denúncias relacionadas a irregularidades na Petrobras.

Mesmo com todas as tentativas do governo de barrar a criação de uma comissão externa para investigar denúncias de pagamento de propina a funcionários da Petrobras, a Câmara dos Deputados aprovou ontem (11) a proposta em votação simbólica. O requerimento foi aprovado com apoio da bancada do PMDB, partido da base aliada ao governo.

O governo ainda tentou barrar a iniciativa da oposição por meio de um requerimento pela retirada da proposta, mas o plenário rejeitou o pedido. Por 216 votos a favor, 38 contrários e 11 abstenções, os parlamentares mantiveram em pauta a proposta da oposição.

Com a criação da comissão, deputados deverão viajar à Holanda para acompanhar a investigação de denúncias relacionadas a irregularidades na Petrobras.

 

Ministros da Justiça e da CGU vão à Câmara para falar sobre denúncias

Os ministros da Justiça, José Eduardo Cardozo, e da Controladoria-Geral da União (CGU), Jorge Hage, deverão comparecer hoje (12) à Câmara dos Deputados para falar sobre a investigação de denúncias de que funcionários da Petrobras receberam propina de uma empresa holandesa.

De acordo com o líder do governo na Casa, Arlindo Chinaglia (PT-SP), no início da tarde, Cardozo e Hage deverão ir ao gabinete da presidência para conversar com os líderes partidários. "Amanhã virão aqui para uma conversa com o presidente [Henrique Eduardo Alves (PMDB-RN)] e com os líderes da base e da oposição que quiserem [comparecer], os ministros da Justiça e da CGU, exatamente para relatar quais são as iniciativas que o governo está tomando, inclusive no plano internacional", explicou Chinaglia.

A denúncia acusa empregados da empresa que, supostamente, receberam propina da empresa holandesa SBM Offshore, que aluga plataformas flutuantes a companhias petrolíferas.



Fonte: Agência Brasil
Seu Nome:

Seu Email:

Nome do amigo:

Email do amigo:

Comentário:


Enviar