acesso a redes sociais
  • tumblr.
  • twitter
  • Youtube
  • Linkedin
  • flickr
conecte-se a TN
  • ver todas
  • versão online
  • Rss
central de anunciante
  • anunciar no site
  • anunciar na revista
Mercado

Demanda de petróleo dos EUA cai 3,8% em setembro

19/10/2012 | 15h40

 

A demanda de petróleo dos Estados Unidos continuou a diminuir em setembro, informou nesta sexta-feira (19) o American Petroleum Institute.
O consumo de petróleo caiu 3,8% em relação ao ano anterior, para 18,182 milhões de barris por dia, segundo o API. Foi o segundo menor nível de demanda para setembro desde 1996.
"Os números de demanda em setembro indicam que ainda há fraqueza substancial na economia", disse o economista-chefe da API, John Felmy.
"Enquanto a atividade industrial e o emprego melhoraram um pouco, ainda temos de ver um forte impulso no desenvolvimento".
A demanda por gasolina também caiu durante o mês cerca de 2%, para 8,572 milhões de barris por dia. O consumo do combustível teve queda de 0,7% em setembro em comparação com o mesmo período do ano anterior.
Os números da API para a demanda de setembro são diferentes dos da Agência de Informação de Energia dos EUA (EIA em inglês), cuja estimativa preliminar é de um consumo de combustível de 18,391 milhões de barris por dia para o mês.
A agência do governo viu uma queda de 2,7% na demanda de setembro frente ao ano anterior.
O EIA vai divulgar o número de demanda revista de setembro no final de novembro.
A demanda por combustível destilado, o que inclui diesel e óleo para aquecimento, caiu 4%, para 3,777 milhões de barris por dia em setembro, disse a API.
As importações totais em setembro responderam por 57,6% do consumo dos EUA, ligeiramente abaixo dos 58,6% um ano antes, mostraram os números da API.

A demanda de petróleo dos Estados Unidos continuou a diminuir em setembro, informou nesta sexta-feira (19) o American Petroleum Institute.


O consumo de petróleo caiu 3,8% em relação ao ano anterior, para 18,182 milhões de barris por dia, segundo o API. Foi o segundo menor nível de demanda para setembro desde 1996.


"Os números de demanda em setembro indicam que ainda há fraqueza substancial na economia", disse o economista-chefe da API, John Felmy.


"Enquanto a atividade industrial e o emprego melhoraram um pouco, ainda temos de ver um forte impulso no desenvolvimento".


A demanda por gasolina também caiu durante o mês cerca de 2%, para 8,572 milhões de barris por dia. O consumo do combustível teve queda de 0,7% em setembro em comparação com o mesmo período do ano anterior.


Os números da API para a demanda de setembro são diferentes dos da Agência de Informação de Energia dos EUA (EIA em inglês), cuja estimativa preliminar é de um consumo de combustível de 18,391 milhões de barris por dia para o mês.


A agência do governo viu uma queda de 2,7% na demanda de setembro frente ao ano anterior.


O EIA vai divulgar o número de demanda revista de setembro no final de novembro.


A demanda por combustível destilado, o que inclui diesel e óleo para aquecimento, caiu 4%, para 3,777 milhões de barris por dia em setembro, disse a API.


As importações totais em setembro responderam por 57,6% do consumo dos EUA, ligeiramente abaixo dos 58,6% um ano antes, mostraram os números da API.

 



Fonte: Agência Reuters
Seu Nome:

Seu Email:

Nome do amigo:

Email do amigo:

Comentário:


Enviar