acesso a redes sociais
  • tumblr.
  • twitter
  • Youtube
  • Linkedin
  • flickr
conecte-se a TN
  • ver todas
  • versão online
  • Rss
central de anunciante
  • anunciar no site
  • anunciar na revista
Setor naval

Delba Marítima constrói outro AHTS e quer participar das licitações da Petrobras

30/07/2004 | 00h00

A Delba Marítima entregou à Petrobras o segundo AHTS construído no Brasil, o Ivan Barretto. A embarcação especializada no manuseio de âncoras e apoio marítimo às plataformas de petróleo estará operando para a Petrobras durante oito anos, de acordo com o contrato de afretamento assinados com o armador. O AHTS é o segundo de uma encomenda de três navios no valor de US$ 94 milhões. Grande parte do financiamento - 85% - é proveniente do Fundo de Marinha Mercante e concedido pelo Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social.
Com a incorporação do Ivan Barreto, a Delba Marítima Navegação S/A aumentou para quinze o número de suas embarcações. Para a companhia, o sucesso na construção dos AHTS credencia a empresa a participar das futuras licitações que a Petrobras pretende realizar ainda este ano para renovação da frota de embarcações de apoio marítimo.
Além de construir o navio, a Delba Marítima investiu cerca de US$ 500 mil em treinamento da tripulação que vai operar os três AHTS. O processo de recrutamento e seleção foi iniciado em abril de 2002 e o treinamento dos tripulantes foi realizado tanto no Brasil quanto no exterior, incluindo capacitação em posicionamento dinâmico.
Por sugestão da Delba Marítima, o segundo AHTS construído no Brasil recebeu o nome de Yvan Barretto, ex-diretor de Exploração e Produção da Petrobras. Yvan Barreto de Carvalho ganhou notoriedade internacional por seu pioneirismo na exploração no mar no Campo de Dom João (Bahia) em meados dos anos 60.



Fonte: Redação
Seu Nome:

Seu Email:

Nome do amigo:

Email do amigo:

Comentário:


Enviar