acesso a redes sociais
  • tumblr.
  • twitter
  • Youtube
  • Linkedin
  • flickr
conecte-se a TN
  • ver todas
  • versão online
  • Rss
central de anunciante
  • anunciar no site
  • anunciar na revista
Pemex

De Cantarel rumo a águas profundas

15/02/2017 | 09h00
De Cantarel rumo a águas profundas
TN Petróleo TN Petróleo

Produtor de mais de 2 milhões de barris diários de petróleo há pouco mais de 12 anos, o campo de Cantarel, operado pela PEMEX e que já foi o segundo maior do mundo, sinaliza a necessidade do México avançar com rapidez na reforma energética, mesmo em tempos de preços baixos dessa commodity.

Hoje respondendo por apenas 200 mil barris diários de petróleo (10% do que extraía no pico da produção), Cantarel é uma cidade de aço instalada a 80 quilômetros da costa do México, na região de Campeche, no sudeste mexicano. Ainda que a produção tenha despencado depois de mais de 30 anos de extração ininterrupta – iniciada em 1979 - , o campo tem ainda uma população de aproximadamente 8 mil pessoas, trabalhando 24 horas por dia, nas agrupações de plataformas instaladas em águas rasas, de cerca de 50 metros de profundidade.

Akal-Golfo, plataforma visitada pela TN Petróleo, produz hoje cerca de 12,5 mil barris diários por meio de dois poços produtores e seis injetores (outros dois foram fechados). Primeira unidade instalada em Cantarel, ele retrata o empenho da PEMEX em reduzir a curva de declínio. Uma das soluções encontradas são as tecnologias novas, fornecidas por parceiros como a Siemens, que hoje tem quatro modernos compressores em operação (e mantem um em stand by), para auxiliar a plataforma no processamento do gás produzido e que é reinjetado no reservatório, para garantir a pressão do mesmo e, consequentemente, sua produtividade.

 

 



Fonte: Beatriz Cardoso do Golfo do México
Seu Nome:

Seu Email:

Nome do amigo:

Email do amigo:

Comentário:


Enviar