acesso a redes sociais
  • tumblr.
  • twitter
  • Youtube
  • Linkedin
  • flickr
conecte-se a TN
  • ver todas
  • versão online
  • Rss
central de anunciante
  • anunciar no site
  • anunciar na revista
Biodiesel

CVRD vai usar B20 em transporte ferroviário

17/05/2007 | 00h00

A Companhia Vale do Rio Doce (CVRD) e a BR Distribuidora oficializaram nesta quinta-feira (17/05) o contrato de fornecimento de B20 para atender as locomotivas que trafegam nas estradas de ferro Carajás e Vitória-Minas.

Até o final deste ano, o consumo de B20 será de cerca de 231 milhões de litros de B20 (33 milhões de litros por mês a partir de junho). Nesta composição, a parcela de B100, biodiesel puro, corresponde a 20%, o que totaliza 46,2 milhões de litros até o final do ano.

A CVRD solicitou à Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) a autorização para começar a utilizar o produto comercialmente e de forma continuada, o que segundo informou a empresa deverá ocorrer em breve.

Este fornecimento faz parte do contrato de R$ 11 bilhões, assinado entre as duas companhias em dezembro de 2006 para o fornecimento de 9 milhões de m³ de combustível durante cinco anos, com possibilidade de renovação por mais dois anos. Neste contrato, a BR Distribuidora fornece anualmente 1 milhão de m³ de diesel, 787 toneladas de óleo combustível e 5 mil m³ de gasolina.

Segundo o diretor executivo de logística da CVRD, Eduardo Bartolomeu, a adoção do B20 mantém equilibrada as contas de combustível da companhia, ainda que tenha havido um investimento de R$ 2 milhões na fase de testes para a adoção do produto.

A utilização do B20 é pioneira no Brasil e o volume de fornecido fará da Vale a maior consumidora de biodiesel no Brasil e no mundo.

A presidente da BR Distribuidora, Maria das Graças Foster, relembrou que a companhia investiu R$ 35 milhões para adaptar as bases de distribuição para fazer as misturas adequadamente.

A previsão da Vale é de que a Ferrovia Centro-Atlantiva também comece a receber o B20 a partir de 2008.  A mistura também está sendo testada na área de Mineração e o objetivo da companhia mineradora é utilizar 100% de B20 tão logo o mercado brasileiro tenha condições de fornecer o produto.



Fonte:
Seu Nome:

Seu Email:

Nome do amigo:

Email do amigo:

Comentário:


Enviar