acesso a redes sociais
  • tumblr.
  • twitter
  • Youtube
  • Linkedin
  • flickr
conecte-se a TN
  • ver todas
  • versão online
  • Rss
central de anunciante
  • anunciar no site
  • anunciar na revista
Empresas

CSN informa ter 4,99% de participação na Usiminas

14/01/2011 | 09h45
A CSN informou nesta quinta-feira que sua carteira de títulos inclui participação no capital da Usiminas equivalente a 4,99 por cento das ações ordinárias e igual percentual para os papéis preferenciais da siderúrgica mineira.

Com base no preço de fechamento das ações da Usiminas nesta sessão na Bovespa, o total de ações nas mãos da CSN representa um valor de mercado perto de 1,1 bilhão de reais.

Em breve comunicado enviado à Comissão de Valores Mobiliários (CVM), a CSN não diz o objetivo de sua participação no capital da Usiminas, com a qual compete em alguns segmentos de negócio.

A CSN também não revela em qual período ocorreram as compras das ações da Usiminas, provavelmente em operações na bolsa envolvendo papéis da companhia em circulação no mercado.

A CSN não precisaria informar sua participação na Usiminas, já que no caso de empresas listadas no Brasil isso se torna necessário quando um acionista passa a ter posição acima de 5 por cento no capital de uma companhia.
 
Procurada pela Reuters, a assessoria de imprensa da CSN não forneceu informações complementares. A Usiminas não tinha representantes imediatamente disponíveis para comentar o assunto.
 
No terceiro trimestre do ano passado, surgiram rumores no mercado de que dois importantes acionistas da Usiminas --Camargo Corrêa e Votorantim-- estariam avaliando se desfazer das ações da siderúrgica.
 
Relatório de setembro de 2010 do BTG Pactual afirmava que a eventual saída de Camargo Corrêa e Votorantim levaria a mudanças na estrutura societária da Usiminas, eventualmente a uma possível fusão com uma concorrente local.
 
 
O bloco de controle da Usiminas é formado por Camargo Corrêa e Votorantim (que juntas detêm 26 por cento das ações ordinárias), pela japonesa Nippon Steel (com 27,8 por cento das ordinárias) e pelo Fundo de Pensão Usiminas (10,1 por cento das ordinárias).
 
Outro acionista relevante detentor de ações com direito a voto da Usiminas é a Previ, fundo de pensão dos funcionários do Banco do Brasil, com 10,4 por cento desses papéis, segundo dados no site da siderúrgica.


Fonte: Reuters
Seu Nome:

Seu Email:

Nome do amigo:

Email do amigo:

Comentário:


Enviar