acesso a redes sociais
  • tumblr.
  • twitter
  • Youtube
  • Linkedin
  • flickr
conecte-se a TN
  • ver todas
  • versão online
  • Rss
central de anunciante
  • anunciar no site
  • anunciar na revista
Empresas

Crescimento do mercado faz Timken dobrar investimentos

09/09/2011 | 17h24
A Timken, empresa especializada no desenvolvimento de tecnologias para o gerenciamento do atrito e transmissão de potência, projeta dobrar seu faturamento no Brasil até 2016. Aempresa realizou um processo de reestruturação e investimento em suas operações brasileiras que devem resultar, já esse ano, em crescimento de 100% de vendas com relação ao apurado em 2009.

“A Timken traçou uma estratégia de negócios no Brasil que já deu resultado e vai ampliar ainda mais o valor dos negócios da empresa no mercado doméstico”, diz Wagner Benson, diretor geral da Timken do Brasil. A empresa direciona suas ações para os segmentos da indústria de cimento, siderurgia, construção civil, além de todos os demais ligados às obras de infra-estrutura. Os indicadores econômicos brasileiros sustentam que o foco da Timken está correto.

O mercado estima que setores como siderurgia e açúcar & álcool devem fechar o ano de 2011 com crescimento acima de 7%. Nos segmentos de cimento, mineração e construção civil, além da agricultura uma das molas propulsoras do desenvolvimento, o percentual de expansão deve ultrapassar os 5%. Todos estes necessitam utilização de rolamentos industriais, e a empresa oferece uma gama completa de produtos e serviços. “O momento da economia brasileira é bastante oportuno e a Timken está preparada porque no passado fez a análise correta do cenário e destinou seus investimentos para acompanhar a expansão”, afirma Benson.

Um dos produtos lançados recentemente pela empresa são os rolamentos cilíndricos série EMA de uma carreira, com ampla gama de aplicações no mercado. A linha EMA é indicada para utilização em equipamentos de siderurgia, construção, mineração, bombas, guindastes, engrenagens, energia eólica e outras máquinas industriais.

A Timken produz seu próprio aço nos EUA e estuda ampliar as vendas do produto - tubos sem costura, por exemplo - no mercado brasileiro.

Na área industrial, a Timken dispõe de uma unidade operacional que realiza reparos e remanufatura de rolamentos de grande porte. E no mercado ferroviário, a companhia opera duas instalações industriais em oficinas de reparação de operadores ferroviários.

Em paralelo, a Timken está ampliando sua equipe de engenheiros de venda e serviços em todos os segmentos onde atua. Os novos profissionais são engenheiros formados que passam por treinamento adicional de seis meses a um ano na matriz da companhia, em Canton (EUA). “Faz parte de nosso plano de investimento aplicar recursos na formação de pessoal altamente capacitado”, explica o diretor-geral.


Fonte: Redação
Seu Nome:

Seu Email:

Nome do amigo:

Email do amigo:

Comentário:


Enviar