acesso a redes sociais
  • tumblr.
  • twitter
  • Youtube
  • Linkedin
  • flickr
conecte-se a TN
  • ver todas
  • versão online
  • Rss
central de anunciante
  • anunciar no site
  • anunciar na revista
Investimentos

Crescimento da produção de petróleo do 3° trimestre gera quase R$ 380 milhões de investimentos em P,D&I

19/12/2014 | 13h36
Crescimento da produção de petróleo do 3° trimestre gera quase R$ 380 milhões de investimentos em P,D&I
Agência Petrobras Agência Petrobras

O terceiro trimestre de 2014 registrou recorde de obrigações de investimento em Pesquisa, Desenvolvimento e Inovação (P,D&I) para as petroleiras devido ao aumento da produção de petróleo no Brasil. Foram gerados R$ 378.640.274,60 de obrigação em investimento, o que representa um aumento de 5,5% frente ao segundo trimestre de 2014 e de 11,5% em relação ao terceiro trimestre de 2013.

O montante deste ano, até o terceiro trimestre, já ultrapassou a marca de R$ 1 bilhão, com expectativa de encerrar 2014 em cerca de R$ 1,4 bilhão.  Esses recursos são gerados pela cláusula dos contratos das empresas produtoras de petróleo que determina o investimento de 1% da receita bruta de campos com alta produtividade ou rentabilidade (aqueles nos quais é devido o pagamento da Participação Especial) em Pesquisa, Desenvolvimento & Inovação.

Nesse trimestre, três novos campos passaram a pagar Participação Especial e, consequentemente, obrigação de investimento em P,D&I: Argonauta, Mexilhão e Baleia Franca.

Os dois últimos são 100% Petrobras, e o campo de Argonauta tem participação de Shell (50%), ONGC Campos (27%) e QPI Brasil Petróleo (23%), a unidade global da Qatar Petroleum. O campo de Roncador (100% Petrobras), com R$ 57 milhões continua sendo o campo que gera as maiores obrigações.

O prazo para a realização dos investimentos em P,D&I relativo ao período de 2014 é 30 de junho de 2015. Mais informações no Boletim Petróleo e P&D: http://www.anp.gov.br/?dw=73441



Fonte: ANP
Seu Nome:

Seu Email:

Nome do amigo:

Email do amigo:

Comentário:


Enviar