acesso a redes sociais
  • tumblr.
  • twitter
  • Youtube
  • Linkedin
  • flickr
conecte-se a TN
  • ver todas
  • versão online
  • Rss
central de anunciante
  • anunciar no site
  • anunciar na revista
Petrobras

Crescimento brasileiro favoreceu resultados da estatal, diz diretor da companhia

12/11/2010 | 09h17
O crescimento da economia brasileira ajudou a impulsionar os resultados positivos divulgados hoje (11) pela Petrobras. De janeiro a setembro deste ano, a companhia acumulou lucro líquido de R$ 24,588 bilhões, ultrapassando em 10% o resultado apresentado em igual período de 2009. O diretor financeiro e de Relações com Investidores da Petrobras, Almir Barbassa, afirmou que o momento de expansão da economia nacional representou uma “surpresa positiva” para a companhia.
 

“[O aumento] foi maior do que era o esperado. Porque normalmente o crescimento do PIB [Produto Interno Bruto] acaba demandando mais produtos. Como temos um crescimento de PIB de 7% a 8% era de se esperar que a demanda por derivados fosse na ordem de 5% e cresceu mais de 10%. A atividade econômica foi muito maior. Ninguém fazia projeção desse volume de demanda. Isto é bom para o país.”
 

Barbassa citou o caso do aumento no consumo de gás de cozinha, que manteve trajetória de alta, com 4% sobre o segundo trimestre e de 4% em relação aos nove primeiros meses do ano passado. “As famílias estão consumindo mais. Estão cozinhando mais.”
 

Ele também citou o crescimento expressivo no segmento de combustível de aviação, que foi 33% superior nos três trimestres deste ano contra o mesmo período de 2009. “O número de pessoas viajando é muito grande”.
 

O diretor da Petrobras previu a manutenção da tendência de alta nos resultados da empresa para o próximo trimestre. “A estimativa é favorável, por causa da indicação do crescimento da economia como um todo.” Mesmo assim, Barbassa descartou a possibilidade da expansão da demanda pressionar para cima os preços no mercado. “Nós temos oferta suficiente para atender aos preços que estamos oferecendo”.


Fonte: Agência Brasil
Seu Nome:

Seu Email:

Nome do amigo:

Email do amigo:

Comentário:


Enviar