acesso a redes sociais
  • tumblr.
  • twitter
  • Youtube
  • Linkedin
  • flickr
conecte-se a TN
  • ver todas
  • versão online
  • Rss
central de anunciante
  • anunciar no site
  • anunciar na revista
Resultado

CPFL Energia passa de lucro a prejuízo

15/08/2013 | 09h56

 

CPFL Energia passa de lucro a prejuízo, de R$ 133,7 milhões, no 2º tri
A CPFL Energia divulgou na noite desta quarta-feira, em demonstração de resultados pelo padrão IFRS, ter registrado um prejuízo líquido de R$ 133,781 milhões no segundo trimestre, ante lucro líquido de R$ 233,571 milhões no mesmo período de 2012. O resultado é o atribuído aos acionistas controladores.
A receita operacional líquida cresceu 2,72% no segundo trimestre, para R$ 3,598 bilhões, ante R$ 3,503 bilhões do mesmo período do ano passado.
O Ebitda (lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização) recuou 34,98% no segundo trimestre, para R$ 515,623 milhões, comparado a R$ 793,038 milhões do mesmo período do ano passado. Segundo a empresa, o Ebitda é calculado em conformidade com a Instrução CVM nº 527/2012.
O custo com energia elétrica cresceu 7,07% no 2º trimestre, para R$ 2,152 bilhões, ante R$ 2,010 bilhões do mesmo período do ano passado.
A despesa financeira líquida cresceu 172,62% no segundo trimestre, para R$ 415,036 milhões, ante R$ 152,240 milhões do mesmo trimestre de 2012.

A CPFL Energia divulgou na noite desta quarta-feira, em demonstração de resultados pelo padrão IFRS, ter registrado um prejuízo líquido de R$ 133,781 milhões no segundo trimestre, ante lucro líquido de R$ 233,571 milhões no mesmo período de 2012. O resultado é o atribuído aos acionistas controladores.


A receita operacional líquida cresceu 2,72% no segundo trimestre, para R$ 3,598 bilhões, ante R$ 3,503 bilhões do mesmo período do ano passado.


O Ebitda (lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização) recuou 34,98% no segundo trimestre, para R$ 515,623 milhões, comparado a R$ 793,038 milhões do mesmo período do ano passado. Segundo a empresa, o Ebitda é calculado em conformidade com a Instrução CVM nº 527/2012.


O custo com energia elétrica cresceu 7,07% no 2º trimestre, para R$ 2,152 bilhões, ante R$ 2,010 bilhões do mesmo período do ano passado.


A despesa financeira líquida cresceu 172,62% no segundo trimestre, para R$ 415,036 milhões, ante R$ 152,240 milhões do mesmo trimestre de 2012.

 



Fonte: Valor Econômico
Seu Nome:

Seu Email:

Nome do amigo:

Email do amigo:

Comentário:


Enviar