acesso a redes sociais
  • tumblr.
  • twitter
  • Youtube
  • Linkedin
  • flickr
conecte-se a TN
  • ver todas
  • versão online
  • Rss
central de anunciante
  • anunciar no site
  • anunciar na revista
Energia Nuclear

Contrato de montagem de Angra 3 deve ser assinado em outubro

21/08/2013 | 15h34
Contrato de montagem de Angra 3 deve ser assinado em outubro
Angra 2 (esquerda) e Angra 1 (direita). Eletronuclear Angra 2 (esquerda) e Angra 1 (direita). Eletronuclear

 

O diretor-técnico da Eletronuclear, Luiz Soares, informou hoje, durante evento realizado pela Associação Brasileira para Desenvolvimento de Atividades Nucleares (Abdan), que o contrato para a montagem eletromecânica da usina nuclear de Angra 3 será assinado em outubro. A previsão de conclusão da usina e início das operações está marcado para 2018. 
Ainda segundo Luiz, a obra já tem mais de 100 mil metros cúbicos de concreto estrutural já foram executados, o que representa  mais 50% do progresso das obras civis. 
Angra 3 será a terceira usina da central nuclear de Angra dos Reis e terá potência de 1.405 megawatts. Ela será capaz de gerar mais de 12 milhões de megawatts-hora anuais, energia suficiente para abastecer as cidades de Brasília e Belo Horizonte durante um ano inteiro.

O diretor-técnico da Eletronuclear, Luiz Soares, informou hoje (21), durante evento realizado pela Associação Brasileira para Desenvolvimento de Atividades Nucleares (Abdan), que o contrato para a montagem eletromecânica da usina nuclear de Angra 3 será assinado em outubro. A previsão de conclusão da usina e início das operações está marcado para 2018.


Ainda segundo Soares, a obra já tem mais de 100 mil metros cúbicos de concreto estrutural executados, o que representa  mais 50% do progresso das obras civis.


Angra 3 será a terceira usina da central nuclear de Angra dos Reis e terá potência de 1.405 megawatts. Ela será capaz de gerar mais de 12 milhões de megawatts-hora anuais, energia suficiente para abastecer as cidades de Brasília e Belo Horizonte durante um ano inteiro.



Fonte: Redação TN Petróleo/ Rodrigo Miguez
Seu Nome:

Seu Email:

Nome do amigo:

Email do amigo:

Comentário:


Enviar