acesso a redes sociais
  • tumblr.
  • twitter
  • Youtube
  • Linkedin
  • flickr
conecte-se a TN
  • ver todas
  • versão online
  • Rss
central de anunciante
  • anunciar no site
  • anunciar na revista
Siemens

Contrato de automação de sistemas elétricos com a Elektro

24/02/2016 | 09h30
Contrato de automação de sistemas elétricos com a Elektro
Cortesia Elektro Cortesia Elektro

A Siemens firmou, em dezembro do ano passado, um contrato com a distribuidora de energia elétrica Elektro, para fornecer um modelo piloto da tecnologia de self-healing semi-centralizado, um sistema digital que monitora e atua nos religadores distribuídos em uma determinada zona de ação da concessionária. É uma das primeiras parcerias do tipo no Brasil.

O sistema de self-healing, programa piloto das empresas, consiste em, dado um defeito no ramal de distribuição de energia, isolar a falha e restabelecer a maior quantidade de consumidores possível através de manobras de religadores na rede aérea de distribuição – efetivamente reencaminhando a eletricidade por uma via alternativa para que as perdas sejam minimizadas, de forma remota e rápida.

“O sistema é chamado de semi-centralizado, pois a recomposição do sistema elétrico fica alocada no servidor que pode ser instalado na subestação de energia da região, sem a necessidade de um servidor geral”, explica Sergio Jacobsen, diretor da área de Smart Grids da Siemens. “Outro benefício desse sistema é a possibilidade da Elektro utilizar os controladores e religadores já existentes, não precisando substituir o material já utilizado. Assim, além de garantir a recomposição do sistema elétrico, é possível realizar uma operação automatizada dos religadores para prover uma operação segura do sistema”, complementa o especialista.

Com isso, o número de interrupções deve cair consideravelmente. Outro ponto positivo é o próprio valor do investimento – por se tratar de instalação de software especializado e tecnologia de monitoramento, o custo é muito inferior quando comparadas a outras soluções, que normalmente requerem compra de equipamentos e gastos logísticos.

“Soluções como esta são de extrema importância para o nosso negócio. Elas trazem resultados operacionais cada vez mais eficientes e sustentáveis”, afirma Jorge Aith, gerente de medição, perdas e tecnologia da Elektro.

Além de atender aos requisitos da ANEEL sobre indicadores coletivos para manter a qualidade na prestação do serviço público de distribuição de energia elétrica, o sistema de self-healing desenvolvido pela Siemens em parceria com a Elektro apresenta uma funcionalidade adicional chamada gerenciamento local de sobrecarga do sistema – assim, além de garantir a recomposição do sistema elétrico em um intervalo de tempo mínimo, é possível realizar uma operação automatizada dos religadores para prover uma operação segura do sistema elétrico.

A Elektro é uma empresa de capital aberto com sede em Campinas/SP, que atende 228 cidades brasileiras, sendo 223 em São Paulo e cinco no Mato Grosso do Sul. Com a ajuda da Siemens, a empresa já sai na frente na garantia de qualidade, aliando baixo custo a um retorno alto.



Fonte: Assessoria Siemens/Redação
Seu Nome:

Seu Email:

Nome do amigo:

Email do amigo:

Comentário:


Enviar