acesso a redes sociais
  • tumblr.
  • twitter
  • Youtube
  • Linkedin
  • flickr
conecte-se a TN
  • ver todas
  • versão online
  • Rss
central de anunciante
  • anunciar no site
  • anunciar na revista
Evento

Conteúdo Nacional é exaltado no primeiro dia do Petro Brasil 2014

10/04/2014 | 12h29
Conteúdo Nacional é exaltado no primeiro dia do Petro Brasil 2014
Divulgação Divulgação

 

A indústria de bens e serviços da cadeia de óleo e gás foi exaltada por empresas como Petrobras e Transpetro no primeiro dia do Petro Brasil 2014, que está sendo realizado em Niterói, no Rio de Janeiro. O evento tem como foco o debate para amplia cada vez mais a participação de conteúdo nacional qualificado nos projetos de toda a cadeia de petróleo, gás e energia.
Durante o evento, que termina hoje, Paulo Alonso, assessor da presidente da Petrobras, Graça Foster, reafirmou a importância do conteúdo local para os projetos atuais e futuros da companhia.
"Para a Petrobras é absolutamente estratégico ter a indústria nacional desenvolvida", disse Paulo. Segundo ele, a empresa contratou mais de 11 mil pequenas empresas, gerando um volume de negócio superior a R$ 5 bilhões, de 2005 a 2011.
Armando Félix, da Coordenação de Aquisições da Transpetro também falou sobre a importância das pequenas e médias empresas para as operaçoes da companhia, braço logístico da Petrobras. "A Transpetro precisa mais das pequenas empresas que o contrário", revelou Félix.

A indústria de bens e serviços da cadeia de óleo e gás foi exaltada por empresas como Petrobras e Transpetro no primeiro dia do Petro Brasil 2014, que está sendo realizado em Niterói, no Rio de Janeiro. O evento tem como foco o debate para amplia cada vez mais a participação de conteúdo nacional qualificado nos projetos de toda a cadeia de petróleo, gás e energia. Durante o evento, que termina hoje, Paulo Alonso, assessor da presidente da Petrobras, Graça Foster, reafirmou a importância do conteúdo local para os projetos atuais e futuros da companhia.

"Para a Petrobras é absolutamente estratégico ter a indústria nacional desenvolvida", disse Alonso. Segundo ele, a empresa contratou mais de 11 mil pequenas empresas, gerando um volume de negócio superior a R$ 5 bilhões, de 2005 a 2011.

Armando Félix, da Coordenação de Aquisições da Transpetro também falou sobre a importância das pequenas e médias empresas para as operaçoes da companhia, braço logístico da Petrobras. "A Transpetro precisa mais das pequenas empresas que o contrário", revelou Félix.

 

*Na foto: o assessor da presidente da Petrobras, Paulo Alonso.



Fonte: Redação TN
Seu Nome:

Seu Email:

Nome do amigo:

Email do amigo:

Comentário:


Enviar