acesso a redes sociais
  • tumblr.
  • twitter
  • Youtube
  • Linkedin
  • flickr
conecte-se a TN
  • ver todas
  • versão online
  • Rss
central de anunciante
  • anunciar no site
  • anunciar na revista
Energia

Consumo industrial de energia tem maior alta desde março de 2012

01/07/2013 | 13h43
Consumo industrial de energia tem maior alta desde março de 2012
Stock XCHNG Stock XCHNG

 

O consumo nacional de energia elétrica atendido por meio da rede atingiu, em maio, 38.354 gigawatts-hora (GWh), situando-se 4,2% acima do registrado em igual mês de 2012. O consumo industrial evoluiu à taxa de 1,9%. É a primeira variação positiva da demanda das indústrias desde maio de 2012, quando se registrara crescimento de 0,1% sobre igual mês do ano anterior, e a maior desde março desse ano, quando o avanço fora de 2,6%.
Segundo as informações da edição mais recente da Resenha Mensal do Mercado de Energia Elétrica, divulgada pela Empresa de Pesquisa Energética (EPE) nesta segunda-feira (1º), o consumo das residências foi o que mais subiu no mês após apresentar taxa de 7,4%, impulsionado pelo crescimento de 9,5% no Nordeste. Também o segmento de comércio e serviços apresentou variação elevada na demanda por eletricidade, de 6,4%.

O consumo nacional de energia elétrica atendido por meio da rede atingiu, em maio, 38.354 gigawatts-hora (GWh), situando-se 4,2% acima do registrado em igual mês de 2012. O consumo industrial evoluiu à taxa de 1,9%. É a primeira variação positiva da demanda das indústrias desde maio de 2012, quando se registrara crescimento de 0,1% sobre igual mês do ano anterior, e a maior desde março desse ano, quando o avanço fora de 2,6%.


Segundo as informações da edição mais recente da Resenha Mensal do Mercado de Energia Elétrica, divulgada pela Empresa de Pesquisa Energética (EPE) nesta segunda-feira (1º), o consumo das residências foi o que mais subiu no mês após apresentar taxa de 7,4%, impulsionado pelo crescimento de 9,5% no Nordeste. Também o segmento de comércio e serviços apresentou variação elevada na demanda por eletricidade, de 6,4%.



Fonte: Ascom EPE
Seu Nome:

Seu Email:

Nome do amigo:

Email do amigo:

Comentário:


Enviar