acesso a redes sociais
  • tumblr.
  • twitter
  • Youtube
  • Linkedin
  • flickr
conecte-se a TN
  • ver todas
  • versão online
  • Rss
central de anunciante
  • anunciar no site
  • anunciar na revista
publicidade
Sistema Elétrico Nacional

Consumo de energia elétrica bate recorde em setembro

27/10/2008 | 13h22
Consumo de energia elétrica bate recorde em setembro
Consumo de energia elétrica bate recorde em setembro Consumo de energia elétrica bate recorde em setembro

O consumo de energia elétrica atendido pela rede do sistema elétrico nacional atingiu, no mês de setembro, 33.362 gigawatts-hora (GWh). O valor é recorde no ano
e indica crescimento de 4,8% sobre o mesmo mês de 2007.

No ano, a demanda de energia acumula crescimento de 4,3% (292.925 GWh), liderado pelas classes residencial e comercial. Os valores apurados em setembro confirmam o 3º trimestre como o de maior crescimento no ano para o consumo das principais categorias de consumidores. Em adição, mostra que os reflexos da crise financeira mundial ainda não se fizeram sentir no mercado brasileiro de energia elétrica, embora já possam ser percebidos alguns sinais no setor industrial.

Em termos gerais, o comportamento do consumo no mês de setembro ocorreu dentro das expectativas, não tendo sido registrado nenhum fato que pudesse justificar alteração da dinâmica típica da demanda neste mês. Essas estatísticas são resultado da coleta de dados da Empresa de Pesquisa Energética (EPE) junto aos agentes de consumo do sistema elétrico nacional, compreendendo consumidores livres, consumidores cativos e demais consumidores que utilizam a rede elétrica de transmissão e distribuição de energia.

Na apuração do consumo de energia elétrica nas residências, o destaque é o aumento do número de consumidores em ritmo acima da média histórica recente. Nos últimos 12 meses findos em setembro, computaram-se 1,930 milhão de novas ligações (crescimento de 3,8% sobre igual período do ano anterior). Nos últimos quatro anos (2003 a 2007), a média situou-se em torno de 1,7 milhão de ligações/ano. No Nordeste, a média de ligações residenciais tem sido de 55 mil por mês, perfazendo uma taxa de crescimento em torno de 5% ao ano.

Em setembro, pela primeira vez no ano, o consumo de energia elétrica da indústria apresenta um valor inferior ao do mês anterior, mesmo sendo um volume pouco expressivo: 168 GWh a menos. Considerando, porém, que a taxa de crescimento do consumo industrial (taxa acumulada em 12 meses e calculada sobre igual período do ano anterior) é a menor do ano, 4,6% contra o máximo de 5,6% alcançado em abril, pode-se perceber nessas estatísticas os primeiros sinais de arrefecimento do ritmo da produção industrial. 

No Nordeste, em especial, o crescimento do consumo industrial foi muito baixo. A taxa de 2,4% foi a menor dentre todas as regiões. Contudo, nesse caso em particular houve a influência da parada, por motivos operacionais, de uma grande planta de produção de soda-cloro.



Fonte: EPE
Seu Nome:

Seu Email:

Nome do amigo:

Email do amigo:

Comentário:


Enviar