acesso a redes sociais
  • tumblr.
  • twitter
  • Youtube
  • Linkedin
  • flickr
conecte-se a TN
  • ver todas
  • versão online
  • Rss
central de anunciante
  • anunciar no site
  • anunciar na revista
Indicadores

Consumo de eletricidade aumentou 2,1% em abril

29/05/2014 | 18h24
Consumo de eletricidade aumentou 2,1% em abril
Divulgação. Itaipu Binacional Divulgação. Itaipu Binacional

 

O consumo de eletricidade em todo o país cresceu 2,1% em abril, comparado com igual período do ano passado, registrando um total de 39.472 gigawatts-hora (GWh). O aumento foi puxado pelo consumo no setor de comércio e serviços, com 7,6%, e das residências, com aumento de 4,6%. As informações foram divulgadas hoje (29) pela Empresa de Pesquisa Energética (EPE).
O setor industrial, em compensação, registrou retração de 2,8% no consumo em abril, comparado com o mesmo mês de 2013, como reflexo da baixa atividade da indústria – principalmente nos setores siderúrgico e metalúrgico - e também porque o mês teve dois dias úteis a menos este ano. Segundo a EPE, se não fossem esses dias a menos, o consumo teria sido positivo em 2,1%.
Os dados da indústria, de acordo com o boletim da EPE, também apontam recuo de 20% na produção de veículos leves e máquinas agrícolas e rodoviárias. Também houve recuo de 18,5% na produção de alumínio e de 5,2% na de aço bruto. Todos os dados são em comparação a abril de 2013. 
A EPE projetou aumento de 4% no consumo de energia no país este ano, podendo superar 482 terawatts-hora (TWh). “O comportamento da demanda de energia e da economia nos três primeiros meses do ano levaram a uma revisão de maior monta nas projeções do consumo das diferentes classes de consumidores. Em relação ao consumo registrado em 2013, a nova projeção indica um aumento de 4%”, informou o órgão, em trecho de sua resenha mensal.

O consumo de eletricidade em todo o país cresceu 2,1% em abril, comparado com igual período do ano passado, registrando um total de 39.472 gigawatts-hora (GWh). O aumento foi puxado pelo consumo no setor de comércio e serviços, com 7,6%, e das residências, com aumento de 4,6%. As informações foram divulgadas hoje (29) pela Empresa de Pesquisa Energética (EPE).

O setor industrial, em compensação, registrou retração de 2,8% no consumo em abril, comparado com o mesmo mês de 2013, como reflexo da baixa atividade da indústria – principalmente nos setores siderúrgico e metalúrgico - e também porque o mês teve dois dias úteis a menos este ano. Segundo a EPE, se não fossem esses dias a menos, o consumo teria sido positivo em 2,1%.

Os dados da indústria, de acordo com o boletim da EPE, também apontam recuo de 20% na produção de veículos leves e máquinas agrícolas e rodoviárias. Também houve recuo de 18,5% na produção de alumínio e de 5,2% na de aço bruto. Todos os dados são em comparação a abril de 2013. 

A EPE projetou aumento de 4% no consumo de energia no país este ano, podendo superar 482 terawatts-hora (TWh). “O comportamento da demanda de energia e da economia nos três primeiros meses do ano levaram a uma revisão de maior monta nas projeções do consumo das diferentes classes de consumidores. Em relação ao consumo registrado em 2013, a nova projeção indica um aumento de 4%”, informou o órgão, em trecho de sua resenha mensal.



Fonte: Agência Brasil
Seu Nome:

Seu Email:

Nome do amigo:

Email do amigo:

Comentário:


Enviar