acesso a redes sociais
  • tumblr.
  • twitter
  • Youtube
  • Linkedin
  • flickr
conecte-se a TN
  • ver todas
  • versão online
  • Rss
central de anunciante
  • anunciar no site
  • anunciar na revista
Energia Elétrica

Consumo cresce 5,2% em relação ao ano passado

05/05/2011 | 10h38
O consumo total de energia elétrica no país em abril alcançou os 58.813 megawatts médios, com crescimento de 5,2% na comparação com equivalente mês do ano passado, de acordo com dados do Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS). Já em relação a março, houve queda de 0,1%. No acumulado de 12 meses, a carga de energia do sistema interligado nacional (SIN) avançou 5,9%.
 

De acordo com o ONS, a taxa de crescimento da carga de energia verificada em abril é explicada principalmente pela estabilidade do nível de produção observada em alguns setores industriais no início do ano. Além disso, a elevação da temperatura nas duas primeiras semanas em relação ao mesmo período do ano passado as regiões Sul, Sudeste e Centro-Oeste também influenciou o consumo.
 

O menor avanço na comparação com abril de 2010 foi do Nordeste, de apenas 1%, resultado da ocorrência de chuvas e temperaturas amenas. Também contribuiu para esse resultado o desligamento em dezembro da Novelis, consumidor livre da rede básica, com carga de 88 MW médios, o que representa cerca de 1% da carga local. Em relação a março, houve queda de 1,4%.
 

Já nas comparações mensais, de abril ante março deste ano, as únicas regiões que registraram aumento do consumo foram Norte e Sudeste/Centro-Oeste. No Norte, o avanço foi de 2,4%, devido à produção dos grandes consumidores eletrointensivos conectados à rede básica. Esses consumidores livres participam com 50% do total da carga da região, sendo que mais de 60% são do setor metalúrgico, informa o ONS.
 

O subsistema Sudeste/Centro-Oeste registrou alta de 1,7% em relação a março, devido à produção industrial e à temperatura, de acordo com o Boletim de Carga Mensal preliminar divulgado na quarta-feira.
 

Em 12 meses, o susbsistema Sudeste/Centro-Oeste avançou 6,6%, o Sul teve alta de 5,1%, o Nordeste registrou crescimento de carga de 4,3%, e o Norte, de 5,5%.


Fonte: Valor Econômico
Seu Nome:

Seu Email:

Nome do amigo:

Email do amigo:

Comentário:


Enviar