acesso a redes sociais
  • tumblr.
  • twitter
  • Youtube
  • Linkedin
  • flickr
conecte-se a TN
  • ver todas
  • versão online
  • Rss
central de anunciante
  • anunciar no site
  • anunciar na revista
Navalshore 2012

Consolidação da indústria naval fluminense é discutida no evento

02/08/2012 | 11h01

 

Consolidação da indústria naval fluminense é discutida na Navalshore
Secretaria de Desenvolvimento Econômico e Codin têm estande evento, que acontece no Centro de Convenções SulAmérica
Rio, 1/8/2012 – A consolidação do Estado do Rio de Janeiro na indústria naval foi apresentada durante a Navalshore, que acontece de hoje a sexta-feira, no Centro de Convenções SulAmérica. O diretor de Política Industrial e Novos Negócios da Companhia de Desenvolvimento Industrial (Codin), Alexandre Gurgel, participou da abertura oficial do evento, nesta quarta-feira, às 11h. Gurgel mostrou que o Rio é reconhecido como berço da indústria naval brasileira, já que concentra a maior parte das atividades desse setor ao longo da história.
A proximidade com a Bacia de Campos, a existência da mão de obra especializada e a formação da cadeia produtiva do setor consolidaram essa posição do Estado. 
- O Rio de Janeiro responde hoje por 60% do processamento de aço do Brasil, detém 62% da mão de obra nacional do setor e concentra 22 dos 25 estaleiros mais importantes do país – explicou Gurgel.
O diretor falou ainda sobre a análise em andamento para instalação do condomínio industrial no entorno da Baía de Guanabara, para criação do polo de navipeças, que vai incentivar a atração de empresas fornecedoras de equipamentos para estaleiros. Além disso, também abordou o interesse do Rio na busca por estaleiros de reparo.
- As empresas precisam cada vez mais buscar conteúdo local e o Estado do Rio é grande candidato a oferecer soluções para reparo naval – afirmou o diretor da Codin.
Durante o evento, Gurgel entregou ao coordenador do grupo de dragagem do Sinaval, Jorge Faria, a carta enviada pelo governador Sérgio Cabral ao ministro dos Portos, Leônidas Cristino, solicitando a dragagem da parte Leste da Baía de Guanabara. O documento tem como objetivo ampliar o potencial dessa região, já que pelo menos 15 dos 22 estaleiros instalados no Rio de Janeiro estão situados ao longo da Baía.

A consolidação do Estado do Rio de Janeiro na indústria naval foi apresentada durante a Navalshore, que acontece de hoje a sexta-feira, no Centro de Convenções SulAmérica. O diretor de Política Industrial e Novos Negócios da Companhia de Desenvolvimento Industrial (Codin), Alexandre Gurgel, participou da abertura oficial do evento ontem (1). Gurgel mostrou que o Rio é reconhecido como berço da indústria naval brasileira, já que concentra a maior parte das atividades desse setor ao longo da história.


A proximidade com a Bacia de Campos, a existência da mão de obra especializada e a formação da cadeia produtiva do setor consolidaram essa posição do Estado. 


- O Rio de Janeiro responde hoje por 60% do processamento de aço do Brasil, detém 62% da mão de obra nacional do setor e concentra 22 dos 25 estaleiros mais importantes do país – explicou Gurgel.


O diretor falou ainda sobre a análise em andamento para instalação do condomínio industrial no entorno da Baía de Guanabara, para criação do polo de navipeças, que vai incentivar a atração de empresas fornecedoras de equipamentos para estaleiros. Além disso, também abordou o interesse do Rio na busca por estaleiros de reparo.


- As empresas precisam cada vez mais buscar conteúdo local e o Estado do Rio é grande candidato a oferecer soluções para reparo naval – afirmou o diretor da Codin.


Durante o evento, Gurgel entregou ao coordenador do grupo de dragagem do Sinaval, Jorge Faria, a carta enviada pelo governador Sérgio Cabral ao ministro dos Portos, Leônidas Cristino, solicitando a dragagem da parte Leste da Baía de Guanabara. O documento tem como objetivo ampliar o potencial dessa região, já que pelo menos 15 dos 22 estaleiros instalados no Rio de Janeiro estão situados ao longo da Baía.

 



Fonte: Redação TN
Seu Nome:

Seu Email:

Nome do amigo:

Email do amigo:

Comentário:


Enviar