acesso a redes sociais
  • tumblr.
  • twitter
  • Youtube
  • Linkedin
  • flickr
conecte-se a TN
  • ver todas
  • versão online
  • Rss
central de anunciante
  • anunciar no site
  • anunciar na revista
Indústria

Confiança do empresário melhora e alcança o maior valor desde novembro de 2014

15/06/2016 | 17h46

O Índice de Confiança do Empresário Industrial (ICEI) subiu para 45,7 pontos em junho, o maior valor desde novembro de 2014. Foi o segundo mês consecutivo de melhora na confiança dos empresários. O índice cresceu 4,4 pontos na comparação com o mês anterior, acumulando variação de 8,9 pontos nos dois últimos meses, informa a pesquisa divulgada nesta quarta-feira (15), pela Confederação Nacional da Indústria (CNI).

Mesmo assim, o indicador continua abaixo dos 50 pontos e longe da média histórica de 54,3 pontos, observa a CNI. Os valores do ICEI variam de zero a cem. Quando estão abaixo de 50 revelam a falta de confiança dos empresários. O indicador melhorou especialmente nas grandes empresas. Nesse segmento, o ICEI alcançou 47,7 pontos em junho, o maior nível nos últimos 24 meses. Nas pequenas empresas, o índice subiu de 38,8 pontos em maio para 43,1 pontos neste mês.

Conforme a pesquisa da CNI, o índice de junho é resultado da melhora dos componentes do ICEI, que revelam a percepção atual e futura dos empresários sobre o desempenho da economia e da empresa. O índice de percepção das condições atuais em relação aos últimos seis meses foi de 45,7 pontos em junho, cinco pontos acima do registrado em maio. O índice de expectativas para os próximos seis meses subiu de 47 pontos em maio para 51,1 pontos em junho, indicando que os empresários estão otimistas em relação ao futuro. "Desde outubro de 2014, o índice de expectativas encontrava-se abaixo dos 50 pontos", diz a pesquisa.

"O aumento do ICEI deve-se, sobretudo, às expectativas mais positivas. O maior otimismo poderá afetar as decisões do empresário e estimular o aumento da atividade no futuro", afirma o economista da CNI, Marcelo Azevedo. O ICEI antecipa as tendências de investimentos da indústria. Empresários confiantes no crescimento das empresas e da economia têm mais segurança para investir na produção.



Fonte: Agência CNI de Notícias/Redação
Seu Nome:

Seu Email:

Nome do amigo:

Email do amigo:

Comentário:


Enviar