acesso a redes sociais
  • tumblr.
  • twitter
  • Youtube
  • Linkedin
  • flickr
conecte-se a TN
  • ver todas
  • versão online
  • Rss
central de anunciante
  • anunciar no site
  • anunciar na revista
Economia

Confiança da Indústria tem queda de 1,2% na prévia de agosto

21/08/2014 | 09h58

 

A prévia de agosto do Índice de Confiança da Indústria (ICI) teve queda de 1,2% na comparação com o resultado final de julho. Caso o índice se confirme no resultado final de agosto, o ICI terá a oitava queda consecutiva e atingirá o menor patamar desde abril de 2009.
De acordo com a Fundação Getulio Vargas, a queda do indicador é causada por piora na avaliação dos empresários da indústria sobre o momento presente. O subíndice da Situação Atual teve queda de 4% na prévia de agosto, em relação ao resultado consolidado de julho.
A confiança dos empresários em relação aos próximos meses, no entanto, melhorou. O subíndice de Expectativas cresceu 1,8% na prévia de agosto, na comparação com o resultado final de julho. Essa foi a primeira alta depois de sete meses de queda.
Os dados preliminares da Sondagem da Indústria, pesquisa usada para calcular o ICI, também indicam aumento no Nível de Utilização da Capacidade Instalada entre julho e agosto, de 83,2% para 83,3%. Para a prévia da sondagem foram consultadas 802 empresas entre os dias 4 e 18 deste mês. O resultado final da pesquisa será divulgado na próxima quarta-feira (27). 

A prévia de agosto do Índice de Confiança da Indústria (ICI) teve queda de 1,2% na comparação com o resultado final de julho.

Caso o índice se confirme no resultado final de agosto, o ICI terá a oitava queda consecutiva e atingirá o menor patamar desde abril de 2009.

De acordo com a Fundação Getulio Vargas, a queda do indicador é causada por piora na avaliação dos empresários da indústria sobre o momento presente.

O subíndice da Situação Atual teve queda de 4% na prévia de agosto, em relação ao resultado consolidado de julho.

A confiança dos empresários em relação aos próximos meses, no entanto, melhorou.

O subíndice de Expectativas cresceu 1,8% na prévia de agosto, na comparação com o resultado final de julho.

Essa foi a primeira alta depois de sete meses de queda.

Os dados preliminares da Sondagem da Indústria, pesquisa usada para calcular o ICI, também indicam aumento no Nível de Utilização da Capacidade Instalada entre julho e agosto, de 83,2% para 83,3%.

Para a prévia da sondagem foram consultadas 802 empresas entre os dias 4 e 18 deste mês. O resultado final da pesquisa será divulgado na próxima quarta-feira (27). 



Fonte: Agência Brasil
Seu Nome:

Seu Email:

Nome do amigo:

Email do amigo:

Comentário:


Enviar