acesso a redes sociais
  • tumblr.
  • twitter
  • Youtube
  • Linkedin
  • flickr
conecte-se a TN
  • ver todas
  • versão online
  • Rss
central de anunciante
  • anunciar no site
  • anunciar na revista
Economia

Confiança da indústria aumenta em agosto

20/08/2012 | 11h10

 

Após duas quedas consecutivas, a confiança na indústria sinaliza melhora, de acordo com a prévia da Sondagem da Indústria de agosto de 2012. O estudo divulgado nesta segunda-feira (20) pela Fundação Getulio Vargas (FGV) mostra que o Índice de Confiança da Indústria (ICI) aumentou 1,5% na comparação com o resultado final do mês anterior, ao passar para 104,2 pontos. Se for confirmado, o resultado levará o ICI ao maior valor desde julho de 2011, embora ainda continue inferior à média recente, que é 105,5 pontos.
De acordo com a FGV, o aumento da confiança em agosto está associado à melhoria da percepção sobre o momento presente. O Índice da Situação Atual (ISA) alcançou 105,8 pontos na prévia, o maior nível desde julho de 2011, com alta de 3,1% em relação ao mês anterior. O Índice de Expectativas (IE) ficou relativamente estável, ao apresentar queda de 0,2%, para 102,6 pontos.
O Nível de Utilização da Capacidade Instalada (Nuci) preliminar teve alta de 0,3 ponto percentual em relação a julho, ao passar de 83,7% para 84%. A média dos últimos cinco anos é 83,7%.
Para a prévia dos resultados da Sondagem da Indústria foram consultadas 801 empresas entre os dias 2 e 15 deste mês. O resultado final da pesquisa será divulgado em 27 de agosto.

Após duas quedas consecutivas, a confiança na indústria sinaliza melhora, de acordo com a prévia da Sondagem da Indústria de agosto de 2012. O estudo divulgado nesta segunda-feira (20) pela Fundação Getulio Vargas (FGV) mostra que o Índice de Confiança da Indústria (ICI) aumentou 1,5% na comparação com o resultado final do mês anterior, ao passar para 104,2 pontos. Se for confirmado, o resultado levará o ICI ao maior valor desde julho de 2011, embora ainda continue inferior à média recente, que é 105,5 pontos.


De acordo com a FGV, o aumento da confiança em agosto está associado à melhoria da percepção sobre o momento presente. O Índice da Situação Atual (ISA) alcançou 105,8 pontos na prévia, o maior nível desde julho de 2011, com alta de 3,1% em relação ao mês anterior. O Índice de Expectativas (IE) ficou relativamente estável, ao apresentar queda de 0,2%, para 102,6 pontos.


O Nível de Utilização da Capacidade Instalada (Nuci) preliminar teve alta de 0,3 ponto percentual em relação a julho, ao passar de 83,7% para 84%. A média dos últimos cinco anos é 83,7%.


Para a prévia dos resultados da Sondagem da Indústria foram consultadas 801 empresas entre os dias 2 e 15 deste mês. O resultado final da pesquisa será divulgado em 27 de agosto.

 



Fonte: Agência Brasil
Seu Nome:

Seu Email:

Nome do amigo:

Email do amigo:

Comentário:


Enviar