acesso a redes sociais
  • tumblr.
  • twitter
  • Youtube
  • Linkedin
  • flickr
conecte-se a TN
  • ver todas
  • versão online
  • Rss
central de anunciante
  • anunciar no site
  • anunciar na revista
Financiamento

Companhia de geração e transmissão do RS receberá empréstimo do BID

01/11/2012 | 17h05

 

A Companhia Estadual de Geração e Transmissão de Energia Elétrica (CEEE-GT) no Rio Grande do Sul receberá um empréstimo de US$ 88,7 milhões do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) para ampliar, reabilitar e modernizar sua infraestrutura de geração e transmissão de energia elétrica a fim de atender a demanda crescente e melhorar a confiabilidade do serviço.
O empréstimo tem garantia soberana e ajudará a financiar o Programa Pró-Energia da empresa, contribuindo para assegurar a construção da infraestrutura elétrica necessária para suportar o aumento da demanda previsto, incluindo-se a realização da copa do mundo em 2014.
De acordo com a companhia, o montante contribuirá para o financiamento dos seguintes componentes:
- Ampliação da pequena central hidroelétrica de Ijuizinho II, onde se prevê aumentar a capacidade de geração elétrica de 1 MW para 15 MW.
- Reabilitação e modernização das centrais hidroelétricas de Itaúba e Passo para melhorar sua eficiência operacional e reduzir os custos com manutenção.
- Ampliação e adequação da rede de transmissão para melhorar os níveis de carga e tensão.
- Espera-se que o projeto crie de 1.500 a 1.600 empregos diretos durante a construção e que a ampliação de Ijuizinho II evite a emissão de 15.000 toneladas de dióxido de carbono equivalente anualmente.
O financiamento do BID tem prazo de 25 anos, um período de carência de quatro anos e una taxa de juros baseada na Libor - a taxa de juros normalmente cobrada pelos bancos londrinos. O financiamento do BID será complementado por recursos da CEEE-GT no valor de US$59,1 milhões, provenientes de um empréstimo da Agencia Francesa de Desenvolvimento (AFD). O custo total do projeto é de US$ 147,8 milhões.

A Companhia Estadual de Geração e Transmissão de Energia Elétrica (CEEE-GT) no Rio Grande do Sul receberá um empréstimo de US$ 88,7 milhões do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) para ampliar, reabilitar e modernizar sua infraestrutura de geração e transmissão de energia elétrica a fim de atender a demanda crescente e melhorar a confiabilidade do serviço.


O empréstimo tem garantia soberana e ajudará a financiar o Programa Pró-Energia da empresa, contribuindo para assegurar a construção da infraestrutura elétrica necessária para suportar o aumento da demanda previsto, incluindo-se a realização da copa do mundo em 2014.


De acordo com a companhia, o montante contribuirá para o financiamento dos seguintes componentes:


- Ampliação da pequena central hidroelétrica de Ijuizinho II, onde se prevê aumentar a capacidade de geração elétrica de 1 MW para 15 MW.

- Reabilitação e modernização das centrais hidroelétricas de Itaúba e Passo para melhorar sua eficiência operacional e reduzir os custos com manutenção.

- Ampliação e adequação da rede de transmissão para melhorar os níveis de carga e tensão.

- Espera-se que o projeto crie de 1.500 a 1.600 empregos diretos durante a construção e que a ampliação de Ijuizinho II evite a emissão de 15.000 toneladas de dióxido de carbono equivalente anualmente.

 

O financiamento do BID tem prazo de 25 anos, um período de carência de quatro anos e una taxa de juros baseada na Libor - a taxa de juros normalmente cobrada pelos bancos londrinos. O financiamento do BID será complementado por recursos da CEEE-GT no valor de US$59,1 milhões, provenientes de um empréstimo da Agencia Francesa de Desenvolvimento (AFD). O custo total do projeto é de US$ 147,8 milhões.

 



Fonte: Redação
Seu Nome:

Seu Email:

Nome do amigo:

Email do amigo:

Comentário:


Enviar