acesso a redes sociais
  • tumblr.
  • twitter
  • Youtube
  • Linkedin
  • flickr
conecte-se a TN
  • ver todas
  • versão online
  • Rss
central de anunciante
  • anunciar no site
  • anunciar na revista
Política

Comissão discute novas regras para o Fundo de Participação dos Estados

01/10/2012 | 12h58

 

Propostas de novas regras para partilha de quase R$ 50 bilhões que formam o Fundo de Participação dos Estados (FPE) abrem a agenda de trabalho desta segunda-feira (1º) da Comissão Especial do Pacto Federativo, que está reunida no Interlegis.
O assunto terá prioridade no Congresso nos próximos meses, uma vez que o Supremo Tribunal Federal considerou inconstitucionais as atuais regras de distribuição do fundo, que só poderão vigorar até 31 de dezembro deste ano.
Formada por 14 especialistas e presidida pelo ministro aposentado do Supremo Tribunal Federal (STF) Nelson Jobim, a comissão foi criada pelo presidente do Senado, José Sarney, com a missão de apresentar propostas para reduzir o desequilíbrio federativo no Brasil.
Além de novas regras para o FPE, a comissão discutirá a divisão dos royalties do petróleo. Os especialistas já se manifestaram, em reuniões anteriores, sobre indexadores das dívidas dos estados junto à União e medidas para acabar com a guerra fiscal entre as unidades da federação.
Os especialistas apresentarão ao presidente José Sarney anteprojetos tratando dos temas priorizados, que serão posteriormente transformados em projetos de lei e analisados pelos senadores.

Propostas de novas regras para partilha de quase R$ 50 bilhões que formam o Fundo de Participação dos Estados (FPE) abrem a agenda de trabalho desta segunda-feira (1º) da Comissão Especial do Pacto Federativo, que está reunida no Interlegis.


O assunto terá prioridade no Congresso nos próximos meses, uma vez que o Supremo Tribunal Federal considerou inconstitucionais as atuais regras de distribuição do fundo, que só poderão vigorar até 31 de dezembro deste ano.


Formada por 14 especialistas e presidida pelo ministro aposentado do Supremo Tribunal Federal (STF) Nelson Jobim, a comissão foi criada pelo presidente do Senado, José Sarney, com a missão de apresentar propostas para reduzir o desequilíbrio federativo no Brasil.


Além de novas regras para o FPE, a comissão discutirá a divisão dos royalties do petróleo. Os especialistas já se manifestaram, em reuniões anteriores, sobre indexadores das dívidas dos estados junto à União e medidas para acabar com a guerra fiscal entre as unidades da federação.


Os especialistas apresentarão ao presidente José Sarney anteprojetos tratando dos temas priorizados, que serão posteriormente transformados em projetos de lei e analisados pelos senadores.

 



Fonte: Agência Senado
Seu Nome:

Seu Email:

Nome do amigo:

Email do amigo:

Comentário:


Enviar