acesso a redes sociais
  • tumblr.
  • twitter
  • Youtube
  • Linkedin
  • flickr
conecte-se a TN
  • ver todas
  • versão online
  • Rss
central de anunciante
  • anunciar no site
  • anunciar na revista
Lucro

Com estiagem, lucro de elétricas cai 29% no 3º tri

21/11/2014 | 10h10

A pressão de custos enfrentada pelas geradoras em meio ao déficit hídrico que atinge o país derrubou o lucro das empresas de energia elétrica no terceiro trimestre. Os ganhos recuaram 29% em relação a um ano antes, para R$ 2,52 bilhões, segundo levantamento feito pelo Valor Data com base em 20 empresas.

A amostra exclui a Eletrobras, que por seu tamanho e representatividade, impõe viés aos números. Incluindo a holding estatal, que teve um prejuízo de R$ 2,74 bilhões, o resultado consolidado das companhias do segmento fica negativo em R$ 220 milhões, contra ganhos de R$ 2,63 bilhões entre julho e setembro de 2013.

Ontem, por um erro na contabilização dos números de uma companhia que compõe o levantamento, o Valor informou de maneira incorreta que as empresas do setor, desconsiderando a Eletrobras, tinham apresentado um prejuízo conjunto de R$ 179 milhões, contra lucro de R$ 14,5 bilhões no terceiro trimestre do ano passado. O gráfico abaixo traz os dados corretos para o período.

Entre julho e setembro, as geradoras foram pressionadas pelo déficit de quase 16% entre a capacidade das usinas e a eletricidade efetivamente entregue no período. Essa diferença é rateada por todas as hidrelétricas que compõem o sistema, o que arranhou os resultados de todo o segmento, exposto a um preço no mercado spot quase três vezes mai caro na comparação anual.

Já as distribuidoras, que vinham sofrendo desde o começo do ano, foram o destaque positivo, com os reajustes tarifários, que compensaram boa parte do aumento de custos enfrentado ao longo do ano, e empréstimos do governo.



Fonte: Valor Online
Seu Nome:

Seu Email:

Nome do amigo:

Email do amigo:

Comentário:


Enviar