acesso a redes sociais
  • tumblr.
  • twitter
  • Youtube
  • Linkedin
  • flickr
conecte-se a TN
  • ver todas
  • versão online
  • Rss
central de anunciante
  • anunciar no site
  • anunciar na revista
Aquisição

Clariant adquire controle integral do consórcio com Carboflex para expandir o atendimento ao mercado offshore

27/06/2016 | 13h43
Clariant adquire controle integral do consórcio com Carboflex para expandir o atendimento ao mercado offshore
Divulgação/Carlos Tooge Divulgação/Carlos Tooge

A Clariant, uma das líderes mundiais em especialidades químicas, anunciou hoje a aquisição de 50% da participação da Carboflex no consórcio que construiu e opera a planta localizada na Baía da Guanabara. A unidade, localizada no Rio de Janeiro, Brasil, produz químicos usados em poços para exploração e produção de petróleo e gás. A aquisição é parte da estratégia de investimentos da Unidade de Negócios Oil & Mining Services da Clariant e permite à empresa assumir o controle total da planta para expandir sua oferta de produtos químicos para os clientes offshore, otimizando prazos de entrega.

“A conclusão desta aquisição consolida uma operação que vem sendo desenvolvida nos últimos anos, sendo elemento-chave de nossa estratégia de aprimorar a capacidade de suprimento e mais rapidamente atender às demandas da indústria brasileira de offshore”, destaca John Dunne, diretor Global da BU Oil & Mining Services da Clariant. “Nossos planos para expandir ainda mais nosso portfólio e expertise técnica nos permitirão trabalhar com mais proximidade com os clientes no mercado brasileiro de petróleo e gás para atender seus desafios”.

A planta industrial produz um pacote completo de fluídos de perfuração e completação, que atende padrões rigorosos de segurança e proteção ambiental. Também compreende ampla infraestrutura, incluindo escritórios, depósitos, laboratórios e um Terminal Portuário de Uso Privativo (TUP), possibilitando à Clariant oferecer solução integrada, tanto em termos de produção como também de logística.

“Além da produção de fluídos, que são críticos para as atividades de exploração e produção de petróleo, a infraestrutura da planta permite à Clariant armazenar e despachar as soluções químicas pelo terminal portuário para os clientes que desenvolvem operações offshore no país”, explica Carlos Tooge (foto), vice-presidente para a América Latina da Unidade de Negócios Oil & Mining Services da Clariant. A localização geográfica da unidade é estratégica, pois está próxima às três principais bacias – Santos, Campos e Espírito Santo –, responsáveis por mais de 90% da produção de petróleo no país. “Nosso objetivo é oferecer ao mercado brasileiro um portfólio completo de soluções para as operações offshore de exploração e produção de hidrocarbonetos”, conclui Tooge.

 

 

 

 



Fonte: Assessoria/Redação
Seu Nome:

Seu Email:

Nome do amigo:

Email do amigo:

Comentário:


Enviar