acesso a redes sociais
  • tumblr.
  • twitter
  • Youtube
  • Linkedin
  • flickr
conecte-se a TN
  • ver todas
  • versão online
  • Rss
central de anunciante
  • anunciar no site
  • anunciar na revista
Odebrecht

Chinesa Sinohydro negocia participação da Odebrecht em projeto de rio na Colômbia

10/02/2017 | 13h13

A construtora chinesa Sinohydro está negociando com a Odebrecht para assumir a participação da empresa brasileira no projeto de navegabilidade do Rio Magdalena na Colômbia, um acordo que poderia salvar o contrato de 873 milhões de dólares, disse uma auotirdade do governo colombiano.

A China está interessada em se envolver por meio de sua unidade Sinohidro, disse à Reuters, na quinta-feira, Luis Fernando Andrade, presidente da Agência Nacional de Infraestrutura da Colômbia.

"A única saída para este contrato é outra empresa assumir o controle", disse ele. A Odebrecht recebeu a concessão em 2014.

A empresa está tentando alienar sua participação de 87 por cento no consórcio Navelena, que tem a tarefa de dragar o rio para aumentar sua capacidade de carga, depois de alegações de promotores norte-americanos de que a Odebrecht pagou centenas de milhões de dólares em subornos em 12 países.

O projeto "precisa de uma empresa que não seja a Navelena e não tenha nada a ver com a Odebrecht, e é isso que estamos trabalhando", disse Andrade.

As últimas negociações aconteceram depois que o banco japonês Sumitomo Mitsui retirou 250 milhões de dólares do financiamento do projeto em janeiro, quando o escândalo da Odebrecht estava explodindo.

"A Power China, uma empresa muito importante ... já tem uma história de trabalho no rio Magdalena através do Sinohydro", disse Andrade.

O consórcio Navelena, que também inclui a colombiana Valorcon, tem até 22 de fevereiro para encontrar financiamento alternativo, ou o contrato será desmantelado, de acordo com a agência governamental Cormagdalena, que gerencia o projeto.



Fonte: Reuters, 10/02/2017
Seu Nome:

Seu Email:

Nome do amigo:

Email do amigo:

Comentário:


Enviar