acesso a redes sociais
  • tumblr.
  • twitter
  • Youtube
  • Linkedin
  • flickr
conecte-se a TN
  • ver todas
  • versão online
  • Rss
central de anunciante
  • anunciar no site
  • anunciar na revista
Campo de Frade

Chevron apela da liminar que suspende operações no Brasil

17/08/2012 | 10h04

A petrolífera americana Chevron informou ontem que apelou da possível suspensão das atividades no Brasil.

 

No início do mês, a Justiça concedeu uma liminar ao Ministério Público Federal para que as operações de extração e transporte de petróleo no país, tanto da Chevron quanto da Transocean, fossem canceladas em 30 dias. Em caso contrário, as empresas estariam sujeitas a multas.

 

A liminar está relacionada ao derramamento de 3,7 mil barris de petróleo, em novembro, no campo de Frade, na Bacia de Campos. Na ocasião, a Chevron também foi multada por reguladores ambientais e da indústria petrolífera brasileira. A petrolífera argumenta que “agiu diligente e apropriadamente” quanto ao acidente, e está “preparada para retomar as atividades no campo de Frade” após conduzir estudos sobre a segurança das operações.

 

A Chevron é a principal operadora do campo de Frade, com participação de 51,7%, equivalente a reservas recuperáveis entre 200 milhões e 300 milhões de barris de óleo. A Petrobras detém 30% do projeto, enquanto o consórcio Frade Japão Petróleo fica com a fatia restante de 18,3%. A Transocean informou que também vai apelar da decisão. A operadora de dez plataformas no Brasil, incluindo sete para a Petrobras, alertou para os impactos negativos para a estatal, no caso da suspensão das atividades.



Fonte: Valor Econômico
Seu Nome:

Seu Email:

Nome do amigo:

Email do amigo:

Comentário:


Enviar