acesso a redes sociais
  • tumblr.
  • twitter
  • Youtube
  • Linkedin
  • flickr
conecte-se a TN
  • ver todas
  • versão online
  • Rss
central de anunciante
  • anunciar no site
  • anunciar na revista
Estudo

Chemtech reafirma presença no mercado de gás natural

15/04/2015 | 11h22
Chemtech reafirma presença no mercado de gás natural
Agência Petrobras Agência Petrobras

A Chemtech desenvolveu com sucesso, em conjunto com a Gas Energy e com a Vortex, o levantamento do potencial de demanda industrial de gás natural na região Sul do Brasil. O estudo, encomendado pelas Federações das Indústrias do Rio Grande do Sul, Santa Catarina e Paraná – FIERGS, FIESC e FIEP -, será usado para planejar soluções capazes de atender a necessidade adicional de gás natural nos estados do Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul.

O projeto identificou os volumes da demanda e da oferta, com objetivo de subsidiar pedido de aumento do abastecimento, atualmente restrito ao Gasoduto Bolívia-Brasil (GASBOL), único fornecedor atual de gás natural da região. Composto por duas partes, o trabalho incluiu a análise das possíveis alternativas de abastecimento, opções de transporte do recurso para demandas futuras, a definição dos investimentos necessários e o tempo de desenvolvimento das soluções.

Construído com base na análise da atuação de 450 empresas dos três estados e na identificação dos polos de consumo (GLP e óleo combustível) e perfil industrial de cada uma, a expectativa é que o projeto permita a construção de uma política mais sólida de distribuição de gás e o planejamento de alternativas viáveis para o aumento da demanda de gás natural. O aumento de escala é fundamental para as distribuidoras do recurso elevarem a competitividade, beneficiando o desenvolvimento da região.

Líder em projetos de engenharia para indústria e em soluções de TI Industrial, a Chemtech esteve à frente da apresentação das viabilidades técnicas, que foram apresentadas às empresas e às companhias de distribuição de gás, além do Ministério de Minas e Energia e à GASBOL. Responsável direta pelo projeto, a Gas Energy também convidou a Vortex Pesquisas para trabalhar no levantamento.

Para Leandro Russo, gerente de projetos da Chemtech, a oportunidade de interagir com companhias de projeção representou uma excelente oportunidade. “Além de contribuir para o desenvolvimento da região Sul do Brasil, o projeto representou uma ótima oportunidade para a Chemtech, pois ela manteve contato com importantes stakeholders de federações das indústrias, do Ministério de Minas e Energia e de distribuidoras de gás dos três estados dessa região, além de parceiros técnicos na área de gás natural, deixando uma boa imagem da empresa ao longo do projeto e reforçando sua atuação nessa área”, concluiu.

De acordo com o relatório Energy Outlook da BP, dentre os combustíveis fósseis o gás natural será o que terá crescimento mais acelerado até 2035.



Fonte: Redação / Assessoria
Seu Nome:

Seu Email:

Nome do amigo:

Email do amigo:

Comentário:


Enviar