acesso a redes sociais
  • tumblr.
  • twitter
  • Youtube
  • Linkedin
  • flickr
conecte-se a TN
  • ver todas
  • versão online
  • Rss
central de anunciante
  • anunciar no site
  • anunciar na revista
América do Sul

Chávez e Kirchner firmam cooperação em energia

22/02/2007 | 00h00

Acordo prevê certificação de reservas de pretróleo na Bacia do Orinoco.

Os presidentes da Venezuela, Hugo Chávez, e da Argentina, Néstor Kirchner, lançaram nesta quarta-feira (21/02) o processo de certificação das reservas de petróleo que ficará a cargo da empresa argentina Enarsa na faixa do Rio Orinoco, num ato em que também foram assinados outros acordos comerciais e financeiros. Na certificação de reservas na Faixa do Orinoco participam também a Petrobras, a uruguaia Ancap, a iraniana Petropar, a russa Gazprom, a indiana ONGC, a espanhola Repsol YPF, a chinesa CNPC e a russa Lukoil, entre outras.

Ambos os Estados relançaram também sua aliança política com uma declaração de Kirchner, que considerou "um erro absoluto" que se diga que ele e o presidente do Brasil, Luiz Inácio Lula da Silva, devem "conter Chávez".

"Dizem que alguns países devem conter outros, que Lula e eu temos de conter Chávez. É um erro absoluto, construímos com o irmão e presidente Chávez o espaço de integração na América do Sul para a dignidade de nossos povos", afirmou Kirchner. Chávez agradeceu "em nome de todos nós, porque o império não se cansa de tentar semear discórdia entre os presidentes da América Latina".

"Em Buenos Aires, alguns dizem que não convém a relação da Argentina com Chávez. Estou seguro de que esses são os que se entregaram ao império", acrescentou o mandatário venezuelano.



Fonte: Agência France Pres
Seu Nome:

Seu Email:

Nome do amigo:

Email do amigo:

Comentário:


Enviar