acesso a redes sociais
  • tumblr.
  • twitter
  • Youtube
  • Linkedin
  • flickr
conecte-se a TN
  • ver todas
  • versão online
  • Rss
central de anunciante
  • anunciar no site
  • anunciar na revista
Empresas

CEO global da Shell se reúne com a Presidenta Dilma Rousseff

06/11/2012 | 18h25

 

O CEO do grupo Royal Dutch Shell, Peter Voser, se reuniu nesta terça-feira (6) pela manhã com a presidenta Dilma Rouseff, em Brasília. Em conversa de aproximadamente uma hora de duração, Peter apresentou à chefe de estado um panorama das operações da companhia no país, incluindo informações sobre as onze áreas de concessão em que a Shell está presente no Brasil.
Líder em tecnologia e inovação no setor mundial de energia, a Shell considera o país uma área estratégica para suas operações, e o CEO reforçou o interesse da companhia em analisar com atenção as áreas de exploração a serem incluídas na décima primeira rodada de licitações, prevista para o ano que vem. A apenas um ano de completar seu primeiro século de atividades no país, a Shell está pronta para buscar ainda mais oportunidades por aqui, destacou Peter.
Outro assunto discutido na reunião foi a contribuição que Shell pode dar ao país na exploração de reservas de gás não convencional. Com ampla experiência nesse tipo de ativo nos Estados Unidos e em outras partes do mundo, a Shell está presente na Bacia do São Francisco, norte do estado de Minas Gerais, onde espera perfurar o primeiro poço exploratório em 2013.
Peter Voser já havia se encontrado com a então ministra de Minas e Energia Dilma Rousseff, no início do governo Lula. Na época ele ocupava a posição de executivo chefe de Finanças (CFO) da Shell. Também dessa vez, Voser teve a oportunidade de conhecer o ministro brasileiro responsável pela pasta: Márcio Zimmermann, que substitui interinamente Edison Lobão à frente do ministério, e acompanhou a presidenta Dilma na reunião, realizada no Palácio do Planalto. André Araujo, presidente da Shell Brasil Petróleo, também participou do encontro.

O CEO do grupo Royal Dutch Shell, Peter Voser, se reuniu nesta terça-feira (6) pela manhã com a presidenta Dilma Rouseff, em Brasília. Em conversa de aproximadamente uma hora de duração, Peter apresentou à chefe de estado um panorama das operações da companhia no país, incluindo informações sobre as onze áreas de concessão em que a Shell está presente no Brasil.


Líder em tecnologia e inovação no setor mundial de energia, a Shell considera o país uma área estratégica para suas operações, e o CEO reforçou o interesse da companhia em analisar com atenção as áreas de exploração a serem incluídas na décima primeira rodada de licitações, prevista para o ano que vem. A apenas um ano de completar seu primeiro século de atividades no país, a Shell está pronta para buscar ainda mais oportunidades por aqui, destacou Peter.


Outro assunto discutido na reunião foi a contribuição que Shell pode dar ao país na exploração de reservas de gás não convencional. Com ampla experiência nesse tipo de ativo nos Estados Unidos e em outras partes do mundo, a Shell está presente na Bacia do São Francisco, norte do estado de Minas Gerais, onde espera perfurar o primeiro poço exploratório em 2013.


Peter Voser já havia se encontrado com a então ministra de Minas e Energia Dilma Rousseff, no início do governo Lula. Na época ele ocupava a posição de executivo chefe de Finanças (CFO) da Shell. Também dessa vez, Voser teve a oportunidade de conhecer o ministro brasileiro responsável pela pasta: Márcio Zimmermann, que substitui interinamente Edison Lobão à frente do ministério, e acompanhou a presidenta Dilma na reunião, realizada no Palácio do Planalto. André Araujo, presidente da Shell Brasil Petróleo, também participou do encontro.

 



Fonte: Redação
Seu Nome:

Seu Email:

Nome do amigo:

Email do amigo:

Comentário:


Enviar