acesso a redes sociais
  • tumblr.
  • twitter
  • Youtube
  • Linkedin
  • flickr
conecte-se a TN
  • ver todas
  • versão online
  • Rss
central de anunciante
  • anunciar no site
  • anunciar na revista
Petróleo e Gás

Centro Tecnológico da Baixada Santista fica pronto até 2016

17/03/2014 | 09h56
Centro Tecnológico da Baixada Santista fica pronto até 2016
Agência Petrobras Agência Petrobras

 

Petrobras, Prefeitura de Santos, Universidade de São Paulo (USP), Universidade Estadual de Campinas (Unicamp), Universidade Estadual Paulista (Unesp) e Fundação Parque Tecnológico de Santos firmaram, na última sexta-feira (14), um termo de compromisso para a construção do Centro Tecnológico da Baixada Santista (CTBS). O local contará com infraestrutura laboratorial voltada ao desenvolvimento de pesquisas para apoiar as atividades de exploração e produção de petróleo na Bacia de Santos. As obras estão avaliadas em R$ 77 milhões e têm previsão de início em oito meses e entrega em 2016.
“Até 2018, a produção do país deve alcançar 3,2 milhões de barris por dia e metade será do pré-sal. O objetivo é aumentarmos a produção nacional até 2020 para 4,2 milhões de barris diários. As grandes profundidades e a distância da costa trarão grandes desafios e o CTBS dará todo suporte às operações na Bacia de Santos para agregar conhecimento e eficiência às atividades”, informou o gerente executivo do Cenpes.
Participaram da solenidade, realizada na Prefeitura de Santos, o gerente executivo do Centro de Pesquisas da Petrobras, André Cordeiro, o secretário estadual de Energia, José Aníbal, o prefeito do Município, Paulo Alexandre Barbosa, além de autoridades locais e representantes das instituições de ensino, que coordenarão as atividades do CTBS.
"Já avançamos com o desenvolvimento do projeto conceitual em parceria com as universidades e hoje damos mais um passo importante para a concretização deste empreendimento que será referência nacional”, enfatizou Cordeiro.
Conforme o secretário estadual de Energia, “a Petrobras está na vanguarda do conhecimento e o estado de São Paulo terá condições de fornecer politécnicos capacitados para as atividades do Centro Tecnológico, gerando empregos e beneficiando a população”. A mesma opinião foi compartilhada pelo prefeito de Santos. “Esta é uma data histórica, pois este equipamento trará ainda mais desenvolvimento para a Região”.
Na ocasião, o prefeito de Santos também encaminhou ao presidente da Câmara, Sadao Nakai, o projeto de lei que autoriza a doação de um terreno de 3.020 m² à Fundação Parque Tecnológico de Santos, que cederá a área ao CTBS por comodato com prazo de 50 anos. O local fica no bairro Vila Nova, onde serão construídos, conforme o projeto conceitual, laboratórios (edificação e equipamentos) relacionados ao conceito de gerenciamento integrado de operações de produção de petróleo, visando atender aos principais desafios tecnológicos do setor.
O centro de excelência terá infraestrutura laboratorial com foco na integração de diversas áreas relacionadas à automação, otimização de processos, gerenciamento remoto, computação científica de alto desempenho, realidade virtual, monitoramento ambiental e logística. Na ocasião, o gerente executivo do Cenpes também assinou o termo de cooperação entre Petrobras e USP para a elaboração do projeto executivo.

Petrobras, Prefeitura de Santos, Universidade de São Paulo (USP), Universidade Estadual de Campinas (Unicamp), Universidade Estadual Paulista (Unesp) e Fundação Parque Tecnológico de Santos firmaram, na última sexta-feira (14), um termo de compromisso para a construção do Centro Tecnológico da Baixada Santista (CTBS). O local contará com infraestrutura laboratorial voltada ao desenvolvimento de pesquisas para apoiar as atividades de exploração e produção de petróleo na Bacia de Santos. As obras estão avaliadas em R$ 77 milhões e têm previsão de início em oito meses e entrega em 2016.

“Até 2018, a produção do país deve alcançar 3,2 milhões de barris por dia e metade será do pré-sal. O objetivo é aumentarmos a produção nacional até 2020 para 4,2 milhões de barris diários. As grandes profundidades e a distância da costa trarão grandes desafios e o CTBS dará todo suporte às operações na Bacia de Santos para agregar conhecimento e eficiência às atividades”, informou o gerente executivo do Cenpes.

Participaram da solenidade, realizada na Prefeitura de Santos, o gerente executivo do Centro de Pesquisas da Petrobras, André Cordeiro, o secretário estadual de Energia, José Aníbal, o prefeito do Município, Paulo Alexandre Barbosa, além de autoridades locais e representantes das instituições de ensino, que coordenarão as atividades do CTBS.

"Já avançamos com o desenvolvimento do projeto conceitual em parceria com as universidades e hoje damos mais um passo importante para a concretização deste empreendimento que será referência nacional”, enfatizou Cordeiro.

Conforme o secretário estadual de Energia, “a Petrobras está na vanguarda do conhecimento e o estado de São Paulo terá condições de fornecer politécnicos capacitados para as atividades do Centro Tecnológico, gerando empregos e beneficiando a população”. A mesma opinião foi compartilhada pelo prefeito de Santos. “Esta é uma data histórica, pois este equipamento trará ainda mais desenvolvimento para a Região”.

Na ocasião, o prefeito de Santos também encaminhou ao presidente da Câmara, Sadao Nakai, o projeto de lei que autoriza a doação de um terreno de 3.020 m² à Fundação Parque Tecnológico de Santos, que cederá a área ao CTBS por comodato com prazo de 50 anos. O local fica no bairro Vila Nova, onde serão construídos, conforme o projeto conceitual, laboratórios (edificação e equipamentos) relacionados ao conceito de gerenciamento integrado de operações de produção de petróleo, visando atender aos principais desafios tecnológicos do setor.

O centro de excelência terá infraestrutura laboratorial com foco na integração de diversas áreas relacionadas à automação, otimização de processos, gerenciamento remoto, computação científica de alto desempenho, realidade virtual, monitoramento ambiental e logística. Na ocasião, o gerente executivo do Cenpes também assinou o termo de cooperação entre Petrobras e USP para a elaboração do projeto executivo.

*Na Foto: o prefeito de Santos, Paulo Alexandre Barbosa, assina o termo de compromisso.



Fonte: Agência Petrobras
Seu Nome:

Seu Email:

Nome do amigo:

Email do amigo:

Comentário:


Enviar