acesso a redes sociais
  • tumblr.
  • twitter
  • Youtube
  • Linkedin
  • flickr
conecte-se a TN
  • ver todas
  • versão online
  • Rss
central de anunciante
  • anunciar no site
  • anunciar na revista
Gás Natural

Cemig aprova a venda da Gasmig para o fim de maio

17/05/2004 | 00h00

O diretório da Cemig, energética integrada do estado de Minas Gerais, aprovará até o fim de maio, a venda de uma participação em sua unidade de distribuição de gás natural, a Gasmig, à Petrobras, informou o presidente da Cemig e secretário de desenvolvimento do estado de Minas, Wilson Brumer
"O governo de Minas subscreveu uma carta de intenção com a Petrobras na quinta-feira (13/05), na próxima semana deveríamos nos reunir com a ministra Dilma Roussef para determinar um cronograma de investimento e até o final de maio o diretório deveria aprová-lo", comentou. "Em 30 dias esperamos finalizar a transação".
Através do acordo, o governo de Minas passará uma participação na Gasmig à filial de gás da Petrobras, a Gaspetro, em troca de US$ 460 milhões em investimento para ampliar a rede de gasodutos do estado."Esta é uma área de investimento que não corresponde ao negócio principal da Cemig, temos outros investimentos que realizar e será um bom negócio para a Gaspetro", comentou Brumer.
O estado de Minas Gerais consome cerca de 3,1 milhões de m³ por dia de gás natural e estima uma demanda potencial de 11 milhões m³ diários até 2010. "Os principais mercados para o gás são a indústria e o gás natural veicular (GNV), ainda que a Gasmig tenha que vender parte do gás para geração elétrica para a planta de Ibirité de 225 megawatts (MW) e através de um contrato firme com o projeto termoelétrico Juiz de Fora de 250 MW de CFLC", observou Brumer.
"Entre os possíveis futuros clientes se encontra o fabricante brasileiro de fertilizantes, Fosfertil, que está planejando construir uma planta de uréia no estado, que terá um consumo futuro de gás de 2 milhões de m³ por dia", disse Brumer. A Gasmig planeja, além do mais, subminitrar gás a companhias de aço da região para substituir o uso do diesel pesado como combustível.



Fonte: BN Americas
Seu Nome:

Seu Email:

Nome do amigo:

Email do amigo:

Comentário:


Enviar