acesso a redes sociais
  • tumblr.
  • twitter
  • Youtube
  • Linkedin
  • flickr
conecte-se a TN
  • ver todas
  • versão online
  • Rss
central de anunciante
  • anunciar no site
  • anunciar na revista
Eletricidade

CCEE promove Leilão de energia A-5

29/08/2013 | 09h44

 

A Câmara de Comercialização de Energia Elétrica (CCEE) promove nesta quinta-feira (29, a partir das 10 horas, o Leilão de Energia Nova A-5. O certame contratará energia elétrica proveniente de novos empreendimentos de geração de fontes hidrelétrica e termelétrica, com início de suprimento em 1º de janeiro de 2018.
Estão habilitados 36 projetos, somando 3.535 MW. Participam do certame uma hidrelétrica (Sinop), com oferta de 400MW; 16 PCHs (376MW); 16 termelétricas a biomassa (919 MW) ; e três termelétricas a carvão (1.840 MW).
As usinas hidrelétricas negociarão contratos por quantidade de energia, com prazo de 30 anos. Já as outras fontes selarão, caso vitoriosas, contratos por disponibilidade, com duração de 25 anos.
O preço-teto definido pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) foi de R$ 140/MWh, com exceção da energia da usina de Sinop, cujo valor máximo será de R$ 118/MWh.
Os leilões de compra de energia elétrica proveniente de novos empreendimentos de geração servem para atender às necessidades de mercado das distribuidoras mediante a venda de energia elétrica proveniente de novos empreendimentos.
O certame poderá ser acompanhado por meio do site da CCEE.

A Câmara de Comercialização de Energia Elétrica (CCEE) promove nesta quinta-feira (29), a partir das 10 horas, o Leilão de Energia Nova A-5. O certame contratará energia elétrica proveniente de novos empreendimentos de geração de fontes hidrelétrica e termelétrica, com início de suprimento em 1º de janeiro de 2018.


Estão habilitados 36 projetos, somando 3.535 MW. Participam do certame uma hidrelétrica (Sinop), com oferta de 400MW; 16 PCHs (376MW); 16 termelétricas a biomassa (919 MW) ; e três termelétricas a carvão (1.840 MW).


As usinas hidrelétricas negociarão contratos por quantidade de energia, com prazo de 30 anos. Já as outras fontes selarão, caso vitoriosas, contratos por disponibilidade, com duração de 25 anos.


O preço-teto definido pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) foi de R$ 140/MWh, com exceção da energia da usina de Sinop, cujo valor máximo será de R$ 118/MWh.


Os leilões de compra de energia elétrica proveniente de novos empreendimentos de geração servem para atender às necessidades de mercado das distribuidoras mediante a venda de energia elétrica proveniente de novos empreendimentos.


O certame poderá ser acompanhado por meio do site da CCEE.

 



Fonte: Revista TN Petróleo, Redação com Assessoria
Seu Nome:

Seu Email:

Nome do amigo:

Email do amigo:

Comentário:


Enviar