acesso a redes sociais
  • tumblr.
  • twitter
  • Youtube
  • Linkedin
  • flickr
conecte-se a TN
  • ver todas
  • versão online
  • Rss
central de anunciante
  • anunciar no site
  • anunciar na revista
Lucro

CBO prevê faturamento de US$ 250 milhões em 2014

15/12/2011 | 17h06
A Companhia Brasileira de Offshore (CBO), controlada pelo Grupo Fischer, planeja dobrar o faturamento nos próximos anos. A meta da empresa é faturar US$ 250 milhões em 2014 ante uma receita prevista de US$ 120 milhões no ano que vem. Em 2011, o faturamento vai situar-se em US$ 100 milhões, disse Luiz Maurício Portela, presidente da CBO.

O aumento da receita será determinado pela operação de um número maior de embarcações de apoio às plataformas de petróleo e por serviços de reparos de barcos no estaleiro do grupo, em Niterói (RJ). Também vai contribuir para o crescimento a entrada em operação da Aliança Offshore, empresa da CBO que está sendo inaugurada hoje em São Gonçalo, na região metropolitana do Rio.

Com investimentos de US$ 28 milhões, dos quais US$ 25 milhões financiados pelo Fundo da Marinha Mercante (FMM), via Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), a Aliança Offshore vai produzir módulos para embarcações de apoio marítimo. A unidade está instalada em área de 50 mil metros quadrados em São Gonçalo e conta com galpão de produção com 15 mil metros quadrados que vai abrigar linhas de tratamento e pintura de chapas de aço, corte, dobra de chapas e perfilados, soldagem e sub-montagem de blocos, corte e dobra de tubulações e montagem de acessórios para cascos de barcos offshore.

No total, a Aliança Offshore vai criar 150 empregos diretos em uma primeira fase, número que deve dobrar em 2012.


Fonte: Valor Online
Seu Nome:

Seu Email:

Nome do amigo:

Email do amigo:

Comentário:


Enviar